fbpx Vídeo: perícia conclui que carro do empresário Roberto Angeloni estava acima da velocidade permitida | XV Curitiba
Conecte-se conosco

Notícias

Vídeo: perícia conclui que carro do empresário Roberto Angeloni estava acima da velocidade permitida

Publicado

em

A perícia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina já apontou que o carro conduzido pelo empresário Roberto Angeloni, que morreu em um acidente de trânsito na BR-101, em Biguaçu, neste domingo (28), estava acima da velocidade permitida na via. A vistoria no veículo, uma Mercedes-Benz avaliada em mais de R$ 1 milhão, que ficou partida ao meio após bater em um poste, ainda não foi concluída. Veja o vídeo da retirada do automóvel do local:

De acordo com o chefe do Núcleo de Comunicação da PRF-SC, Luiz Graziano, o motorista perdeu o controle da direção quando trafegava no sentido Norte da rodovia. “Ele passou por algumas ondulações que tem ali na região, o veículo derrapou e quase bateu na mureta do lado esquerdo. Ele então puxou pro lado direito, colidiu em uma caminhonete Ranger que vinha pela faixa da direita, saiu da rodovia, entrou no pátio do posto de combustíveis e bateu de frente em um poste”, explicou o inspetor.

Na caminhonete Ranger, havia um casal. A passageira sofreu lesões leves, foi encaminhada ao hospital, mas foi liberada logo em seguida. Sobre a possibilidade do carro de luxo estar participando de um racha, a PRF diz não ter provas. “Tem muita gente perguntando se a Mercedes vinha fazendo racha. Não dá pra dizer, não há nada que comprove que isso”, declarou Graziano à imprensa.

Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

 

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy
Publicidade