Vendaval derruba araucária de 750 anos, a maior do Paraná

XV CURITIBA
2 Min Read
Foto: Divulgação

A tranquilidade da paisagem rural de Cruz Machado, localizada a 14 quilômetros do centro da cidade, na linha Japó, foi abruptamente interrompida no último final de semana. A natureza reivindicou um de seus mais majestosos exemplares: a maior araucária do Paraná. Ocorrido devido aos fortes ventos que assolaram a região, o incidente resultou na queda da árvore milenar.

Com uma impressionante marca de 42 metros de altura e um tronco de 36 metros, a árvore não era apenas um marco na flora paranaense, mas também um ponto turístico de grande renome. Sua grandiosidade atraía a atenção de visitantes não só do estado do Paraná, mas de todas as regiões do Brasil, consolidando-a como um verdadeiro patrimônio natural.

“Esta é uma perda que não pode ser substituída. A araucária era mais do que apenas uma árvore; era um símbolo da nossa história e cultura”, lamenta um representante local. Para entender a magnitude de sua relevância, basta olhar para as redes sociais do município. Em uma postagem feita em 6 de outubro, a araucária foi vista por mais de 67 mil pessoas – um número que supera em mais de quatro vezes a população total de Cruz Machado.

Com sua queda, Cruz Machado e o Paraná perdem uma testemunha viva de centenas de anos de história. O que permanece agora são as memórias e as inúmeras fotos e relatos de visitantes que, ao longo dos anos, se deslumbraram com a rainha das araucárias do Paraná.

- Advertisement -
Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.