Receita Federal faz maior apreensão de cocaína do ano em Paranaguá

XV CURITIBA
2 Min Read
Foto: Divulgação/RFB

Na manhã desta quinta-feira (8), um expressivo carregamento de 415 kg de cocaína foi interceptado pela Receita Federal no Porto de Paranaguá, marcando um momento significativo nas operações de combate ao tráfico de drogas na região. O destino final da carga ilícita era o Porto de Antuérpia, na Bélgica, evidenciando a complexidade das rotas internacionais do narcotráfico.

Este episódio representa a apreensão mais volumosa de cocaína no terminal paranaense desde setembro do ano passado, quando as autoridades conseguiram recolher 1.096 kg da substância. Os auditores fiscais revelaram que a droga estava estrategicamente oculta em meio a uma carga de compensados de madeira, uma técnica frequentemente utilizada por contrabandistas para tentar burlar os sistemas de segurança dos portos.

A eficiência na localização da cocaína se deve, em grande parte, ao trabalho conjunto de cães de faro e ao avançado sistema de scanners da Receita Federal, que juntos formam uma barreira quase intransponível para o tráfico de substâncias ilícitas. Apesar do sucesso na apreensão, as autoridades informaram que não houve prisões relacionadas ao caso.

Este ano, o Porto de Paranaguá já foi palco de quatro grandes operações de apreensão, totalizando 495,5 kg de cocaína interceptada. Esses números não apenas destacam a persistência do problema do tráfico internacional de drogas, mas também sublinham a capacidade e a dedicação dos órgãos de segurança brasileiros em combater essa questão. A apreensão recordista desta quinta-feira reafirma o compromisso do país com a segurança e a ordem, enviando uma mensagem clara aos envolvidos no comércio ilegal de narcóticos.

- Advertisement -
Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.