fbpx Quatro marginais são mortos pela PM após assalto a uma agência bancária de Curitiba | XV Curitiba
Conecte-se conosco

Notícias

Quatro marginais são mortos pela PM após assalto a uma agência bancária de Curitiba

Publicado

em

A noite de segunda-feira (30) foi marcada por um confronto entre policiais militares e assaltantes de banco.
No bairro Santana, em Curitiba, houve intensa troca de tiros, ocasionando a morte de três marginais. De acordo com informações preliminares, o bando estava envolvido em um assalto no bairro Tatuquara ocorrido pela manhã. Ao lado dos corpos dos assaltantes, foi localizado um malote com dinheiro.

Um primeiro embate já tinha ocorrido pela manhã com os mesmos bandidos, quando após tomarem a agência bancária da Caixa Econômica Federal, fizeram vários clientes como refens, tendo a ousadia de criar uma “barreira humana” para proteger o bando até que os policiais chegassem. Na fuga adentraram numa mata próxima. Na perseguição a PM foi recebida a tiros, atingindo as viaturas e o colete balístico de um dos policiais. Já nesse primeiro confronto, um dos bandidos foi abatido pelos homens da lei.

Segundo o delegado e  Coordenador do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Rodrigo Brown, foi uma ação criminosa ousada. “Muitas pessoas de bem foram expostas ao risco. Imediatamente, a Polícia Militar prestou atendimento e já colamos juntos. Estamos na mata com muitos policiais. Já constatamos uma pessoa baleada (que morreu em seguida) e armas apreendidas. Estamos empenhados para mostrar que em Curitiba esse tipo de crime não fica assim. Por se tratar da Caixa Econômica, a responsabilidade fica a cargo da Polícia Federal, mas estamos mantendo a cena do crime para passar a melhor situação para a investigação”

Durante as buscas, um helicóptero da PM chegou a ser alvo dos tiros dos marginais. Mais de 100 homens foram mobilizados no encalço dos criminosos.

Segundo o capitão Damasceno (BOPE), os policiais ficaram de tocaia na região desde o momento do assalto, já que esperavam um possível retorno dos criminosos à região. A partir de então avistaram um veículo com os ocupantes fazendo o resgate de um dos feridos no tiroteio.

No confronto que se deu em seguida, três pessoas foram mortas e cinco detidas. Foram localizadas armas de fogo, provavelmente dos vigilantes do banco. Após o confronto outro carro foi descoberto, e detidas outras cinco pessoas, estando, inclusive, presente na perigosa empreitada, uma mãe acompanhada de uma criança.

Porém, a PM não sabe precisar se esses mortos no confronto tinham ou não envolvimento no assalto feito pela manha no mesmo dia, podendo ter algum outro laço com o assaltante, como parentesco, por exemplo. Cabe à Polícia Civil apurar o caso e determinar o envolvimento de cada um no fato.


Será que dessa vez a vereadora Professora Josete (PT) vai pedir mais 1 minuto de silêncio em respeito a morte dos assaltantes? Vereadora de Curitiba pede 1 minuto de silêncio a potenciais bandidos mortos em confronto

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy