Ad image

Prefeitura de Curitiba vai distribuir gratuitamente mudas da árvore do outono nas Ruas da Cidadania. Saiba quando pegar a sua

XV CURITIBA
6 Min Read
José Fernando Ogura/SMCS

Agora durante a estação do outono, a Prefeitura traz uma novidade na distribuição gratuita de mudas de árvores deste mês de maio: o liquidâmbar. A espécie característica desta estação do ano será doada em todas as Ruas da Cidadania dentro do plantio comunitário da Prefeitura de Curitiba, como parte do programa 100 mil árvores.

“O liquidâmbar confere um visual com ‘ares alpinos’ e uma beleza exuberante com suas folhas outonais, em cores que variam entre verde claro, amarelo, laranja e vermelho, para colorir a paisagem do outono curitibano”, explica o responsável pelo Horto Municipal da Barreirinha, Roberto Salgueiro. Essas mudas que serão entregues foram cultivadas no Horto Municipal da Barreirinha a partir de sementes colhidas na Rua Deputado Heitor Alencar Furtado, a “Rua do Outono”. 

Em nove regionais, as entregas gratuitas vão começar na manhã de quarta-feira (15/5), enquanto no Tatuquara a ação será a partir das 9h30 de quinta-feira (16/5), junto a um mutirão de emprego e ao lançamento da pedra fundamental da obra do Restaurante Popular do Tatuquara.

Total de mudas

Serão distribuídas 5 mil mudas ao todo, sendo 2 mil liquidâmbares. A população também poderá coletar ipês de diversas cores e cerejeiras do Japão, cultivados pelas equipes do Departamento de Arborização e Produção Vegetal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, no Horto Municipal da Barreirinha.

Liquidâmbar

Os liquidâmbares são famosos por formar a “Rua do Outono” (na Avenida Padre Anchieta e na Rua Deputado Heitor Alencar Furtado), nos bairros Campina do Siqueira e Mossunguê, com 853 árvores que viram cartão-postal da cidade nesta época do ano. 

Salgueiro explica que o liquidâmbar é uma espécie característica do hemisfério norte e sua fisiologia inclui a perda de folhas no inverno, mas, até lá, transforma a paisagem de Curitiba. Ele recomenda que a população planeje o local para fazer o plantio, porque a muda precisa de sol e pode passar de 12 metros de altura.

O responsável pelo Horto Municipal da Barreirinha explica que essas mudas de liquidâmares que serão entregues para a população foram desenvolvidas após as sementes serem colhidas na “Rua do Outono”. 

“A relação do Horto da Barreirinha com a cidade de Curitiba é uma via de mão dupla. O Horto fornece as mudas para a arborização viária e para os plantios comunitários e, quando as árvores crescem e os frutos começam a surgir, suas sementes retornam à Barreirinha para se tornarem novas árvores. Fechando um ciclo e iniciando outro, as novas gerações vão garantir uma cidade cada vez mais verde, ou eventualmente mais vermelha, como é o caso de nossa estrela do outono”, diz.

Posso plantar em qualquer lugar?

Para o plantio em áreas privadas da cidade, não há restrição, mas em via pública, além de autorização, é necessário seguir algumas regras. “É preciso respeitar as normas de urbanização da cidade em espaços públicos. Em lugares privados, é sempre bom perguntar para especialistas. A população precisa lembrar que, mesmo que seja só uma mudinha, ela pode ficar muito grande, então talvez não possa ficar perto de casas ou muros”, afirma Salgueiro. 

O plantio das árvores deve levar em conta fatores como a existência de fiação elétrica, largura das calçadas e outras características. Essas questões serão avaliadas no momento do preenchimento do cadastro para retirada, para que seja possível indicar a melhor muda de árvore para os objetivos do cidadão.

100 mil árvores

O desafio 100 mil árvores para Curitiba foi lançado pelo prefeito Rafael Greca na primavera de 2019 e duraria apenas um ano. Com o sucesso e o engajamento da população, o programa é renovado anualmente e, hoje, a cidade já contabiliza mais de 487 mil plantios. Até o fim de junho de 2024, a capital chegará à marca de 500 mil mudas plantadas, desde 2019. A entrega das mudas é um compromisso da Prefeitura de Curitiba em deixar a cidade cada vez mais verde e sustentável.

A infraestrutura verde da cidade traz diversos benefícios, como o equilíbrio térmico e o sequestro de gases do efeito estufa da atmosfera, lembra o diretor do Departamento de Arborização e Produção Vegetal, José Roberto Roloff.

“Por isso, nossa política de ampliação dos plantios é grande aliada nas ações para mitigação e resiliência frente às mudanças climáticas. As árvores ainda promovem sombra e servem de abrigo à fauna silvestre”, reforça.

Quando posso coletar as mudas?

Quarta-feira (15/5)
BAIRRO NOVO: Rua Tijucas do Sul, 1.700, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h
CIC: Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2.460, a partir das 8h30
BOA VISTA: Av. Paraná, 3.600, a partir das 9h
BOQUEIRÃO: Av. Marechal Floriano Peixoto, 8.430, a partir das 9h
CAJURU: Av. Prefeito Maurício Fruet, 2.150, a partir das 9h
PINHEIRINHO: Av. Winston Churchill, 2033, a partir das 9h
PORTÃO: Rua Carlos Klemtz, 1.700, a partir das 9h
SANTA FELICIDADE: Rua Santa Bertila Boscardin, 213, a partir das 9h
MATRIZ: Praça Rui Barbosa, 101, a partir das 10h

Quinta-feira (16/5)
TATUQUARA: Rua Olivardo Konoroski Bueno, a partir das 9h30

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.