fbpx Prefeitura de Curitiba começa a produzir kits de máscara em impressão 3D nesta quinta-feira | XV Curitiba
Conecte-se conosco

Curitibanices

Prefeitura de Curitiba começa a produzir kits de máscara em impressão 3D nesta quinta-feira

Publicado

em

As 21 impressoras 3D dos Faróis do Saber e Inovação já estão no FabLab da Prefeitura, na Rua da Cidadania do Cajuru. Nesta quinta-feira (26/3), elas serão usadas na produção das máscaras escudo facial de proteção para profissionais da saúde de Curitiba.

A iniciativa ajudará a equipar quem vai ter contato mais direto com os pacientes suspeitos da covid-19. A expectativa é fabricar 220 unidades por dia no FabLab.

As máscaras formarão um kits composto por um suporte (que será fabricado na impressora 3D), uma chapa frontal transparente de polietileno (que irá cobrir o rosto e será cortada em uma máquina especial) e um elástico de fixação. Os kits serão enviados desmontados em embalagens para os hospitais, onde serão higienizados e o elástico ajustado de acordo com cada profissional. Cada kit trará ainda um QR Code com instruções de montagem.

Vários órgãos do município, como Agência Curitiba de Desenvolvimento, Fundação de Ação Social (FAS) e Secretaria da Educação, além de empresas privadas, se mobilizaram para implantação da linha de produção de máscaras escudo em impressão 3D no FabLab.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, reforça que será preciso um grande volume de filamentos poliméricos, a matéria-prima de fabricação de peças nas impressoras 3D. “Pedimos que empresas e a população nos ajudem doando o insumo, além do elástico e da chapa frontal transparente”, reitera ela.

Modelo

A produção será feita com base em um modelo de máscara escudo disponibilizado na internet por uma empresa da República Tcheca. Já os ajustes para simplificar e tornar um pouco mais rápida a produção foram feitos pelas startups curitibanas Maha 3D e Prin 3D, que oferecem soluções técnicas em impressão 3D. A produção de cada máscara deverá levar em torno de uma hora.

"Esta máscara já foi validada pelo Ministério da Saúde da República Tcheca e, por isso, universidades e instituições de todo o mundo estão produzindo o modelo", conta Marcio Hauagge Salatiel, da Maha 3D.

 

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy