Prefeitura de Araucária reduz a tarifa do transporte coletivo para R$ 1,25

XV CURITIBA
3 Min Read
Foto: Carlos Poly/SMCS

O valor da tarifa de ônibus de Araucária baixará mais uma vez! Será a 8ª redução seguida do valor desde 2018. Isso porque a Prefeitura de Araucária investe para que o transporte coletivo contribua cada vez mais para o desenvolvimento social e econômico do município. O transporte coletivo local (TRIAR), que tinha tarifa de R$1,50, passará a ter tarifa de apenas R$ 1,25 a partir de segunda-feira (06).

 

Além do valor baixo, Araucária oferece outros benefícios aos usuários; wi-fi nos veículos e integração livre ao sistema metropolitano de transporte via terminais da cidade. Além disso, a tarifa de ônibus aos domingos é gratuita em Araucária mediante uso do cartão. Vale ressaltar que estudantes têm direito ao cartão Educard de vale transporte e não pagam para ir à escola (pais de crianças podem levá-los de graça se devidamente cadastrados).

 

- Advertisement -

A diarista Jozete Maciel e Maciel é provedora de sua família e é um exemplo do quanto os araucarienses podem se beneficiar com esse investimento no transporte público. “Por cuidar sozinha de 3 filhos, qualquer economia ajuda. Esse valor que estamos economizando com a queda do valor da passagem vai para a comida do dia a dia, um quilo de fruta, meio quilo de fígado ou alguma mistura para o almoço. Somos 4 pessoas em casa, então qualquer custo é multiplicado por 4, assim como a economia”, relata. A diarista conta que graças ao valor da passagem pôde começar a fazer faculdade de Assistência Social, assim como a estudante de Logística, Fabiula Arendartchuk, de 20 anos.

 

Além de mais pessoas tendo acesso ao serviço do transporte público, há quem encare a situação como uma oportunidade de ter mais giro de capital na própria cidade, movimentando a economia local. O empresário do ramo moveleiro, Marcelo Kujawa, vê muitos benefícios nesse investimento do transporte público. A família montou a atual empresa há 15 anos e começou com o avô trabalhando em uma marcenaria de fundo de quintal.

 

“Qualquer economia que tenha é uma chance para investir na fábrica com infraestrutura/modernização e também na condição de trabalho dos colaboradores. Fazendo uma conta rápida, comparando com o tempo em que a tarifa era de R$4,25 e agora será de R$1,25, com 59 funcionários economizamos R$7.788,00 no mês. Faz muita diferença”, opina Kujawa.

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.