Prado Velho é o bairro mais caro para se morar em Curitiba

XV CURITIBA
4 Min Read
Foto: Daniel Castellano/SMCS

Em uma recente revelação que surpreendeu o mercado imobiliário de Curitiba, o bairro Prado Velho se destacou como o mais caro para se viver de aluguel na cidade. Conhecido por sua proximidade ao Centro e por sua crescente valorização, este bairro viu o preço médio do metro quadrado alcançar a marca de R$ 58,1 em dezembro do último ano, conforme um estudo conjunto realizado pela QuintoAndar e pelo portal Imovelweb. Esse valor posicionou o Prado Velho acima de regiões tradicionalmente reconhecidas pela elite curitibana, como o Centro Cívico, que, com R$ 54,8 por metro quadrado, ficou em segundo lugar no ranking dos bairros mais custosos.

O ano passado foi marcante para o mercado de aluguéis na capital paranaense, especialmente no Centro Cívico, que registrou o maior aumento de preço em 2023, uma impressionante variação de 47,4%. Mesmo com as oscilações do mercado, o Prado Velho manteve sua posição de liderança em janeiro deste ano, com o preço de R$ 57,5 por metro quadrado.

A análise abrangente, que contemplou 30 bairros da cidade, identificou uma exceção na tendência de alta: o Batel. Tradicionalmente considerado um dos bairros mais sofisticados de Curitiba, o Batel experimentou uma redução nos preços, ocupando a sétima posição no Índice de Aluguel QuintoAndar/Imovelweb, com um custo médio de R$ 43,5 por metro quadrado.

Este fenômeno no mercado imobiliário local é parte de uma tendência mais ampla de valorização dos aluguéis em Curitiba, que viu seus preços saltarem 22,21% em um período de 12 meses, superando o crescimento observado em outras grandes cidades brasileiras analisadas no estudo, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília. Curitiba notavelmente registrou aumentos consecutivos durante seis meses, com janeiro apresentando um avanço de 2,23% em relação a dezembro.

Thiago Reis, gerente de Dados do Grupo QuintoAndar, destaca a uniformidade desse crescimento, ressaltando que, dos 30 bairros analisados, apenas o Batel não acompanhou a tendência de alta. A demanda significativa por imóveis de um dormitório, que registrou um aumento de 24,44% em doze meses, contrasta com a realidade de outras capitais, onde a preferência se inverteu para imóveis de três quartos.

Ainda assim, apesar dos preços elevados, o Índice de Aluguel QuintoAndar/Imovelweb indica que há margem para negociação. Os descontos médios nas transações realizadas em dezembro e janeiro foram de 2,9% e 2,4%, respectivamente, sugerindo que, mesmo em um mercado em alta, consumidores conseguem encontrar oportunidades de economia.

O panorama do mercado de aluguel em Curitiba reflete uma dinâmica de constante mudança, com bairros tradicionais e emergentes disputando a preferência de quem busca moradia na cidade. A evolução dos preços e a capacidade de negociação permanecem como fatores cruciais para inquilinos e investidores no competitivo mercado imobiliário curitibano.

Confira a lista dos bairros mais caros de Curitiba, com base no preço médio do metro quadrado:

1º – Prado Velho: R$ 57,5

2º – Centro Cívico: R$ 55,2

3º – Centro: R$ 49,3

4º – Rebouças: R$ 47,3

5º – Mercês: R$ 44,6

6º – Alto da Rua XV: R$ 43,6

7º – Batel: R$ 43,5

8º – Cabral: R$ 42,9

9º – São Francisco: R$ 42,1

10º – Mossunguê: R$ 41,9

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.