Conecte-se conosco

Notícias

PIX parcelado: conheça as principais vantagens para lojistas e consumidores

Publicado

em

O PIX, lançado em novembro de 2020, pode ser considerado um fenômeno entre os meios de pagamento. Além dos recordes de transações diárias, com 58,5 milhões de transferências em um único dia, segundo dados de março de 2022, já conta com mais de 113 milhões de pessoas que criaram pelo menos uma chave PIX e quase 70% das grandes lojas online já aceitam e oferecem algum tipo de desconto para os clientes que utilizam essa opção.

Apesar de alguns episódios envolvendo vazamento de dados, como chaves PIX, e o aumento de golpes e crimes financeiros envolvendo o meio de pagamento, o sistema tem se provado seguro. Em 2022, mais novidades ampliam as possibilidades de PIX, mas também aumentam os riscos para os menos informados. “Temos funções para pagamentos internacionais, aproximação, pagamento offline e débito automático, mas podemos destacar o chamado PIX parcelado, que já está sendo divulgado pelos bancos, como a principal novidade”, aponta Rafael de Tarso Schroeder, professor de Empreendedorismo e Inovação do ISAE Escola de Negócios.

O PIX parcelado permitirá que o pagador use a função crédito para acessar os benefícios do meio de pagamento, além de considerar o parcelamento de compras em lojas que trabalham com essa possibilidade. “A grande mudança é que, até pouco tempo atrás, o PIX só possibilitava a realização de pagamentos feitos à vista, isto é, com o dinheiro disponível na conta do pagador”, explica o especialista.

Segundo Rafael, os principais benefícios para empreendedores, lojistas e empresas, além da vantagem direta no fluxo de caixa, são a redução das tarifas cobradas pelas operadoras de cartão e a garantia do recebimento dos valores, sem atrasos. “Muitos clientes, conhecendo a modalidade, podem realizar compras com maior volume, ou seja, um ticket médio maior”, diz.

Já para consumidores, além de não precisar de cartões ou outros meios para realizar uma transação instantânea, existe o benefício do desconto, que muitos comerciantes e empresas já ofertam, mesmo no modelo parcelado. “Digamos que você faça uma compra de um produto de R$500,00 no seu e-commerce preferido. O valor dele para pagamento via PIX é de R$450,00 e no PIX Parcelado sai por R$475,00, ainda é uma vantagem”, aponta. 

Contudo, a atenção deve ser ainda maior em relação aos juros e ao endividamento. “Sempre vale conhecer as opções para o PIX Parcelado nas suas compras, mas é fundamental conhecer quais os juros, taxas e critérios do seu banco. E caso opte por essa modalidade, tomar o cuidado para não perder o controle, ampliar as suas dívidas e entrar para o bloco dos Inadimplentes do Serasa. Afinal, depois de confirmado o pagamento, não será possível cancelar o parcelamento”, complementa Rafael de Tarso Schroeder.

 

Publicidade