PF descobre 3 milhões de dólares escondidos em parede falsa de residência em Curitiba

XV CURITIBA
2 Min Read
Foto: Divulgação

Uma incursão conjunta da Receita Federal e da Polícia Federal, desencadeada na última quarta-feira (6), desvendou o intricado fluxo de dinheiro ilícito e expôs o patrimônio e os lucros provenientes das atividades criminosas de uma organização liderada por um empresário sediado na região de Curitiba.

Os resultados da investigação até agora são impressionantes: uma frota de carros de luxo e ao menos três mansões luxuosas, todos em Curitiba, foram identificados como produtos de lavagem de dinheiro, provavelmente oriundos do tráfico de drogas.

Em uma reviravolta dramática durante a operação, na quinta-feira (7), agentes federais descobriram, dentro de uma das residências sob suspeita, a quantia estonteante de US$ 3 milhões em espécie, escondidos meticulosamente atrás de uma parede falsa.

O achado do dinheiro ocorreu no final do dia de quinta-feira e seu total foi contabilizado na manhã desta sexta-feira (8) nas instalações da Caixa Econômica.

O indivíduo suspeito de liderar essa organização criminosa já havia sido detido anteriormente por envolvimento em tráfico internacional de entorpecentes. Para evitar chamar a atenção, ele se valia de documentos falsificados. Durante as investigações, foram descobertas pelo menos mais duas remessas de cocaína associadas ao grupo criminoso. Uma delas envolveu a apreensão de 700kg de cocaína, escondidos dentro de uma lixeira de metal, que supostamente seria transportada para o Nordeste do Brasil, possivelmente para ser embarcada com destino ao exterior. A outra apreensão consistiu em aproximadamente 800kg de cocaína, encontrados em um navio rebocador na região de Santa Catarina.

Para lavar o dinheiro, o líder do grupo recorria a uma vasta rede de indivíduos e empresas laranjas. Na tentativa de ocultar a verdadeira propriedade dos bens, ele adquiria veículos de luxo em nome de pessoas sem recursos financeiros (laranjas).

As propriedades destinadas ao uso pessoal eram adquiridas por meio de uma imobiliária e uma empresa de participações, as quais foram identificadas como responsáveis pela compra de pelo menos três imóveis de alto padrão em Curitiba, utilizados como residências pelo grupo criminoso.

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.