Conecte-se conosco

Notícias

Pelo menos 8 mil trabalhadores ficaram desempregados com o fim das tarifas dos pedágios do Paraná

Publicado

em

Foto:Jaelson Lucas / AEN

Ao menos 8 mil trabalhadores ficaram desempregados com o fim da cobrança das 27 praças dos pedágios no Paraná. De acordo com dados das concessionárias, ao menos 2.431 postos de trabalhos diretos e 5.634 indiretos foram atingidos com o fim dos contratos. 

Apesar dos desligamentos, o governo do estado estabeleceu um acordo que poupou alguns dos trabalhadores das concessionárias Econorte e a Caminhos do Paraná, que tem pendências com o estado devido a obras não realizadas. No acordo, as concessionárias se comprometem a manter o atendimento nas estradas por mais um ano, mesmo sem a cobrança da tarifa. 

 

Publicidade