Pediatras defendem o retorno das crianças a sala de aula “o maior erro foi fechar as escolas”

XV CURITIBA
1 Min Read

Médicos que atuam no sistema público de saúde do estado defenderam a volta às aulas presenciais em escolas estaduais e municipais na audiência pública realizada de forma remota pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na tarde desta quinta-feira (8).

“Em apenas 2% dos casos as crianças trazem o vírus para casa. A criança é transmissora de hábitos responsáveis: ela fala para o pai colocar o cinto de segurança quando entra no carro, para não beber antes de dirigir. Da mesma forma, vai cobrar para usar máscara, lavar as mãos”, disse o pediatra Rubens Cat, chefe do Departamento de Pediatria do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Segundo o pediatra, o retorno tem que ser condicionado a medidas de prevenção e combate a disseminação do coronavírus.

“O aprendizado é o que menos me preocupa, isso pode ser recuperado. Mas a escola é um local protetor. Não temos como manter as conquistas de 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente sem escolas abertas”, declarou. É inadmissível. O maior erro da pandemia no Brasil foi fechar as escolas”, acrescentou Cat.

- Advertisement -

 

 

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.