Conecte-se conosco

Notícias

Paulo Gustavo: o que é embolia gasosa disseminada, identificada em exames do ator

Publicado

em

Juliana Coutinho / Divulgação Multishow

O ator Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (04) por conta de complicações de uma embolia gasosa, desde 13 de março, quando foi internado devido à covid-19. Neste final de semana, o comediante havia apresentado uma melhora em seu quadro e chegou a interagir com a equipe médica e com o seu marido, Thales Bretas.

 

No entanto, conforme comunicado divulgado pela assessoria do ator nesta segunda-feira (3), ele apresentou piora na sua condição de saúde devido a uma embolia pulmonar, quadro clínico em que coágulos de sangue obstruem vasos sanguíneos do pulmão. 

 

Thank you for watching

 

 

 

 

 

 

 

O que é embolia pulmonar

A embolia pulmonar também é conhecida por "infarto pulmonar", pois, como a doença que afeta o coração, é ocasionada por uma obstrução dos vasos sanguíneos.  No caso da embolia, a circulação sanguínea é prejudicada pelo acúmulo de coágulos de sangue em veias e artérias.

O quadro, em geral, se dá por conta de hábitos de saúde danosos, como o tabagismo e o sedentarismo. Mas também pode ocorrer por complicações de outras doenças, longo tempo de imobilidade, uso de alguns anticoncepcionais e, ainda, distúrbios de coagulação sanguínea.

Os coágulos costumam se formar na parte inferior do corpo, especialmente nas pernas e na pélvis. Quando se soltam, transitam pelo sistema circulatório, prejudicam as trocas gasosas e podem acabar se alojando nas veias e artérias do pulmão.

Estando a pessoa consciente, os sintomas de embolia pulmonar são dor súbita na região do peito, falta de ar e dificuldade para respirar. A partir desses sintomas, a recomendação é que se procure atendimento médico o mais rápido possível. A confirmação do quadro é feita a partir de tomografia ou radiografia do tórax. Com diagnóstico precoce, a cura não deixa sequelas.

Períodos de inatividade podem provocar o quadro, como longas viagens de avião ou cirurgias com muito tempo de recuperação. Nesses casos, a prevenção pode ser feita por meio de fisioterapia e com o uso de meias anticoagulantes, que facilitam a circulação sanguínea.

Para os demais casos, recomenda-se a adoção de hábitos de vida saudáveis, como uma alimentação de qualidade, a prática de exercícios físicos e deixar de fumar. O tratamento para a embolia é medicamentoso, basicamente com o uso de anticoagulantes.

Fonte: Ministério da Saúde

 

AJUDE O PEQUENO PRINCIPE!