Paraná receberá Encontro Nacional de Bombeiras Militares em 2025

XV CURITIBA
4 Min de leitura
Formatura dos Alunos do Curso de Formação de Praças Bombeiro Militar 2022/2023

Paraná receberá o Encontro Nacional de Bombeiras Militares (ENBOM) em 2025. Essa definição ocorreu no VII encontro, realizado entre os dias 26 a 29 de setembro em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ele contou com a participação de mais de 500 mulheres, representantes de 26 estados e Distrito Federal, além de integrantes da Marinha, como convidadas.

Seis bombeiras militares do Corpo de Bombeiros do Paraná participaram das atividades: major Franciane Alves de Siqueira, 1º tenente Ivna Caroline Dias, capitã Ana Paula Schibelbein, 1º tenente Ana Paula Bueno Hansen Parise, cabo Tainara Carolina Martins Valenzuela e a cabo Barbara Batistoti Gomes.

Discutir e fomentar políticas públicas relacionadas à atuação das bombeiras militares no País são os ideais do encontro, que ocorre anualmente. Ele também tem como meta valorizar e entender o papel da mulher na segurança pública e na atividade de bombeiro diante dos desafios da profissão e da desigualdade de gênero na sociedade, bem como promover a integração entre as profissionais de todos os estados.

“O Corpo de Bombeiros do Paraná está trabalhando e buscando políticas alinhadas com essas demandas, para que a gente possa promover ambientes laborais sadios, para que as bombeiras militares possam desempenhar seu trabalho com tranquilidade, livre de assédios, protegendo as mulheres por meio de coibição do assédio moral, sexual, dentro desse ambiente e criar um espaço mais saudável para todos”, explicou a major Franciane Siqueira, uma das representantes paranaenses.

Ela ainda ressalta que esse tipo de evento está vinculado às metas fixadas pela Agenda 2030 da ONU, à medida que busca a eliminação de toda a forma de violência contra mulheres e meninas, pois a violência contra as mulheres é historicamente enraizada na sociedade.+

Desde 2005, quando as mulheres passaram a compor o quadro do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná (CBMPR), a corporação vem aprimorando as relações de trabalho das bombeiras. Isso envolve, por exemplo, aquisição de botas, luvas e coletes balísticos feitos para os corpos femininos.

“Precisamos lembrar que, por meio desses trabalhos, a gente consegue promover um ambiente de equidade, contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e fortalecida em patamares de civilidade e de equidade. Estamos buscando equipamentos mais adequados para que as mulheres tenham condições de execução de atividade na mesma qualidade”, disse Franciane.

O encontro ainda teve ainda apresentação das Ações do Comitê Nacional, relacionadas às Diretrizes Nacionais de Políticas para Bombeiras Militares, e o mapeamento das atividades desenvolvidas em cada estado. Também foram expostas as projeções das ações relacionadas às metas estipuladas. A parte final do Encontro consistiu na competição técnica operacional das equipes de bombeiras dos estados, bem como atividades de integração entre as participantes.

Além da definição do Paraná em 2025, a previsão é que o ENBOM do ano que vem também seja realizado na região Sul, no Rio Grande do Sul.

Compartilhe o artigo
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.