fbpx
Conecte-se conosco

Notícias

Menina de 3 anos tem quadro de morte cerebral depois de ser espancada pelo pai em Curitiba

Publicado

em

Polícia Civil do Paraná (PCPR) investiga as causas da morte de uma criança de três anos em Curitiba, na terça-feira (3). O pai da menina, de 25 anos, foi preso em flagrante por ser suspeito de lesão corporal seguido de morte da filha. A criança foi internada em um unidade hospitalar na madrugada do dia 3 com diversos hematomas e traumatismo na cabeça. No final da tarde do mesmo dia, enquanto o pai estava sendo ouvido na delegacia, o hospital informou que a criança tinha entrado em óbito por morte encefálica.

De acordo com a investigação, a denúncia veio do hospital e do Conselho Tutelar, que informaram o estado de saúde e físico da criança e a suspeita de ser vítima de espancamento A menina deu entrada na unidade acompanhada do pai e da madrasta. Segundo eles, a criança teria se afogado com uma bolacha. Devido à gravidade dos ferimentos, logo constatou-se que se tratavam de agressões.

No dia 10 de outubro deste ano, a Polícia Militar havia registrado um atendimento na residência do pai. Na ocasião nenhuma agressão foi constatada, nem na criança morta, nem nos outros dois filhos da madrasta, de 5 e 9 anos de idade. No dia 6 de novembro deste ano, o hospital também chegou a informar o caso à polícia, mas a criança foi devolvida ao pai pelo Conselho Tutelar.

Peritos do Instituto de Criminalística também estiveram no hospital colhendo material para perícia. Tanto a médica, quanto assistentes do conselho e familiares já foram ouvidos em depoimentos. A madrasta da menina também já foi ouvida. Outras pessoas deverão prestar depoimento.

O homem segue preso e está à disposição da Justiça.

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

PARCEIROS

#OEscândalo

MAIS LIDAS