Médica Virginia acusada de matar pacientes em UTI de hospital vai a júri popular em Curitiba

XV CURITIBA
1 Min de leitura

De acordo com decisão anunciada nesta quinta-feira (27) pelo Tribunal de Justiça do Paraná, a médica Virgínia Helena Soares de Souza, acusada de matar pacientes enquanto comandava a UTI do Hospital Evangélico de Curitiba, irá a júri popular em Curitiba.

O advogado de defesa da médica afirmou em nota, que acredita na inocência de sua cliente e que irá recorrer em todas as instâncias.

“A médica é inocente e em toda a sua carreira tomou decisões baseadas em literatura”, destacou a nota

Compartilhe o artigo
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.