Conecte-se conosco

Notícias

Ceasa de Curitiba tem um dos menores índices de contaminação de coronavirus do Brasil

Publicado

em

A Ceasa (Central Estadual de Abastecimento do Paraná) de Curitiba tem um dos menores índices de contaminação por coronavírus se comparada às demais unidades do Brasil. Eder Eduardo Bublitz, diretor-presidente da Ceasa, credita este índice ao trabalho realizado por 16 bolsistas do Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Coronavírus, feito em parceria pela Fundação Araucária, Secretaria de Estado da Saúde, Superintendência da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e  Itaipu. A iniciativa foi criada para atender à demanda da chamada pública 09/2020.  

A partir de um trabalho também coordenado pela Secretaria estadual da Agricultura e Abastecimento, a Central foi escolhida logo no início da pandemia como um dos pontos de Atenção às Divisas do Estado.  O fluxo de cerca de 27 mil pessoas, 8 mil trabalhadores diretos e aproximadamente 19 mil indiretos, foi a motivação principal para a atuação preventiva dos bolsistas em um ambiente com alto risco de transmissão de doenças.  

Com o início dos trabalhos em abril, a Central passou a ser a única entre as 74 unidades do Brasil que desenvolve um trabalho de atenção à saúde durante a pandemia. A cada noite, em média, 700 pessoas são abordadas, sendo que cada bolsista consegue fazer 80 atendimentos.

Publicidade