Conecte-se conosco

Notícias

Lua demora a aparecer, mas encanta curitibanos

Publicado

em

A esperada "lua de sangue" não compareceu nesta sexta-feira, 27, no Parque do Barigui, em Curitiba, porque as nuvens encobriam o horizonte no momento mais especial do eclipse. Mas, às 18h25, quando tudo indicava que as centenas de pessoas que foram ao parque para observar o fenômeno sairiam frustradas, a lua cheia surgiu, parcialmente eclipsada, e deslumbrou os paulistanos. A Lua cheia – parecendo um fino semicírculo – finalmente aparecia por cima das árvores e das nuvens.
 
Em SP

Foi exatamente para despertar esse fascínio que o Planetário instalou três telescópios de 300 milímetros no parque. "Esses fenômenos chamam a atenção das pessoas e as fazem olhar para o céu e pensar na vida e no Universo, a se conectarem novamente com a natureza por um momento. E elas se perguntam por que isso acontece e se dão conta de que estamos em um planeta viajando pelo espaço. Nós precisamos aproveitar esses momentos em que todos estão tão sensíveis pata divulgar ciência", disse o diretor do Planetário de São Paulo, Fernando Nascimento.

 

Publicidade