Conecte-se conosco

Notícias

Justiça nega suspensão da prova a PSS mas pede esclarecimento sobre a avaliação

Publicado

em

Justiça nega suspensão de prova a PSS (Processo Seletivo Simplificado) que está marcado para acontecer no próximo dia 13 de dezembro.  A decisão é do desembargador Nilson Mizuta.

Apesar disso, o magistrado pediu esclarecimentos ao secretário de Estado da Educação, Renato Feder, sobre o porquê das mudanças e da complexidade da modalidade deste processo seletivo que deveria ser simplificado.

O secretário terá que explicar também se a decisão foi foi previamente “coordenada com as autoridades sanitárias, considerando os fatores envolvidos e de saúde pública, com o intuito de proteger os candidatos do concurso contra a Covid-19”.

Os professores e funcionários das escolas permanecem acampados em frente ao Palácio Iguaçu, em greve de fome, como forma de protesto contra a realização da prova.

A Secretaria de Estado da Educação confirmou que o processo está mantido. As inscrições encerram nesta segunda-feira (23) as 18h. Segundo o governo do estado já são mais de 35 mil candidatos inscritos no edital.