Conecte-se conosco

Notícias

Janeiro Branco: campanha sobre saúde mental atende pessoas em parques de Curitiba

Publicado

em

Os cuidados com a saúde mental, que já vinham ganhando mais atenção ao longo dos últimos anos, se tornaram essenciais durante a pandemia. O Brasil, por exemplo, mesmo antes de todo o caos gerado pelo coronavírus, já era considerado o país mais ansioso do mundo, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), que registrou, em 2017, que 9,3% da população brasileira sofria com problemas de ansiedade. Além disso, a Organização Pan-Americana de Saúde apontou que quatro em cada dez brasileiros tiveram problemas de ansiedade durante a pandemia.

Essas informações geraram um tipo de alerta que levou os alunos da UniEnsino, de Curitiba (PR), a realizar uma ação sobre saúde mental. Aliado à campanha nacional Janeiro Branco, que tem por objetivo chamar a atenção da população para temas relacionados à saúde mental, o corpo discente da universidade lançou uma série de eventos de conscientização na capital paranaense.

“O Brasil sempre foi conhecido como um país com altos índices de problemas relacionados à saúde mental. O caso da ansiedade, por exemplo, que serve como um propulsor para diversas outras doenças, há anos é tratado com preocupação. Com a pandemia, tudo isso foi potencializado. Um estudo recente, encomendado pelo Fórum Econômico Mundial, mostrou que 53% dos brasileiros tiveram uma piora do bem-estar mental no último ano. Analisando esse cenário muito preocupante, sentimos a necessidade de fazer algo pela população”, destaca a Coordenadora do Curso de Psicologia, Ma. Regina Maria Machado, da UniEnsino.

Entre as atividades, o grande destaque fica por conta da presença de alunos da psicologia da instituição em espaços públicos da cidade, durante os finais de semana, onde a população pode entender um pouco mais sobre os cuidados relacionados à saúde mental. O projeto da UniEnsino já passou por pontos importantes da cidade, como a Pedreira Paulo Leminski, o Jardim Botânico e os Parques Tanguá, Bacacheri e Barigui.

Como futuros profissionais da saúde, os estudantes da UniEnsino revelam preocupação com a saúde mental da população, por isso o alto engajamento na campanha, e destacam durante as ações a importância do acompanhamento profissional dos casos. “Procuramos mostrar para as pessoas que a saúde mental interfere negativamente em todos os setores da nossa vida. Sendo assim, destacamos a necessidade de procurarmos um profissional capacitado para que possamos manter nossa qualidade de vida, bem como prevenir ou tratar aspectos referentes a nossa saúde mental”, explica Isabella Machado Nunes, aluna da UniEnsino.

Além da conversa com os alunos do curso de psicologia, as pessoas abordadas durante a ação recebem materiais com dicas que ajudam a controlar a ansiedade – sempre alinhados a um tratamento psicológico adequado – como manter boa alimentação, rotina de exercícios e manter a qualidade das relações interpessoais.

Neste final de semana a ação acontecerá na tarde de sábado, dia 22, no Bosque do Alemão, no Parque Municipal de São José dos Pinhais e no Passeio Público. Já no domingo, dia 23, as atividades acontecerão no Parque Naútico, Parque do Papa e, novamente, no Parque Municipal de São José dos Pinhais, também à tarde.

Para mais informações, acesse o site janeirobranco.unifaesp.com. 

 

 

Publicidade