fbpx
Conecte-se conosco

Notícias

Greca pede que a população ajude a Prefeitura a cuidar da cidade

Publicado

em

O prefeito Rafael Greca recebeu nesta quarta-feira (20/6), na sede da administração, lideranças da Regional Fazendinha/Portão para falar sobre os projetos da Prefeitura e também ouvir demandas da região. Esta é mais uma edição do projeto Bairros na Prefeitura, cujo objetivo é abrir as portas da municipalidade para as questões reivindicadas pelos moradores.

A regional engloba os bairros do Portão, Fazendinha, Santa Quitéria, Vila Izabel, Seminário, Água Verde, Guaíra e Parolin, que são habitados por cerca de 250 mil pessoas, segundo o último Censo.

O prefeito agradeceu a presença das lideranças dos bairros e destacou a importância do encontro. “É bom ver este salão com muitos rostos curitibanos. Nós vamos ouví-los e discutir o que vamos fazer adiante em Curitiba”, disse Greca.

Ele também comentou sobre o programa de revitalização de ruas na capital, o maior dos últimos 20 anos. “Nós estamos recuperando ruas esburacadas, que receberam asfalto num passado distante e ficaram degradadas por falta de cuidado”, explicou.

Greca também pediu o apoio da população para que ajude a Prefeitura a manter as benfeitorias. “Estão roubando muita fiação, lâmpadas e agora estão roubando sinaleiros também. Estes equipamentos custam uma fortuna para o município. O povo deve denunciar os roubos ao 156 e à PM. O povo precisa nos ajudar a cuidar da cidade”, apelou o prefeito.

Demandas

O líder comunitário da Vila Portelinha, Arildo Taborda, o Dida, pediu um levantamento topográfico para a relocação de 30 famílias que moram às margens do Rio Barigui. O problema é que parte da área pertence à antiga Construtora Cidadela e outra parte pertence à Copel. O prefeito esclareceu que as obras de dragagem no Rio Barigui estão sendo feitas.

A dona Rose Mari Izycki pediu a implantação de um redutor de velocidade na Rua Professor Dario Veloso, na Vila Izabel. Ela narrou que, em outubro do ano passado, uma pessoa foi atropelada no local. A Prefeitura fará estudos para colocar uma lombada na rua.

Foi feito também o pedido de pintura de faixas na Avenida Nossa Senhora Aparecida, por Marilda Mara Prado Guimarães. Esta questão será contemplada com o projeto da trincheira na avenida, que prevê o fim do estacionamento dos dois lados da via, permanecendo apenas os que são da área de remanso dos comércios.

Guarda no cemitério

Sobre o pedido de mais segurança no entorno do Cemitério da Água Verde, formulado pelo presidente do Conseg, Eros Guido Bianco, foi esclarecido que um módulo da Guarda Municipal já começou a funcionar no local. O prefeito ordenou que sejam feitas rondas periódicas dentro e fora do cemitério.

Foi anunciada ainda a revitalização da Praça Maria Regina Predebon Vanzo, pedido de Mayra Veiga, do Portão. Lá funciona um projeto de escolinha de futebol para crianças. Também foi decidida a revitalização do Rio Vila Formosa, com alargamento e recuperação das encostas.

Gratidão e pedidos

O líder comunitário Edson Parolin agradeceu pelas obras que a região tem recebido. “Não estamos abandonados, temos obras de asfalto em 11 ruas, mas falta muita coisa ainda ali”, ressaltou.

Ele pediu um estudo para a ocupação consciente das margens do Rio Pinheirinho. O rio está passando por uma grande obra de drenagem. “As obras do Rio Pinheirinho não estão paradas, os trabalhos estão sendo feitos de baixo para cima. Esta é uma obra grande, ao custo de R$ 120 milhões, então é preciso ter paciência”, explicou o vice-prefeito e secretário de Obras, Eduardo Pimentel.

O prefeito pediu um estudo conjunto do Ippuc, da Secretaria do Meio Ambiente e Cohab para implantação de áreas de lazer nas margens do rio, além de um projeto de moradia popular.

Também será objeto de estudo de órgãos da Prefeitura e da Sanepar o caso citado por Ângela D’Abreu Alecrim, do bairro Seminário, sobre o assoreamento do Córrego do Cortume, na Rua Arthur Suplicy de Lacerda.

O prefeito também autorizou a implantação de duas hortas comunitárias no bairro Fazendinha a pedido de duas moradoras.

Participaram do encontro o administrador regional, Gerson Gunha, o presidente da Cohab, José Lupion Neto, a coordenadora do projeto Bairros na Prefeitura, Rafaella Munhoz da Rocha Lacerda, a secretária do Meio Ambiente, Marilza Dias, e o vereador Oscalino do Povo.

 


 

AÇÕES DA PREFEITURA NA REGIONAL FAZENDINHA/PORTÃO

Mutirão da Cidadania 

36.506 atendimentos.


Manutenção de vias

595 km de tapa-buraco e saibro.

2,4 milhões de metros quadrados de roçadas em ruas e terrenos.

54 km de limpeza em bocas de lobo.


Controle de cheias

8 km de macrodrenagem no Rio Pinheirinho, em cinco bairros: Lindóia, Parolin, Fanny, Guaíra e Hauer.


Meio Ambiente

50 mudas de árvores na Vila Nina, no Fazendinha.

113 praças com manutenção mensal.

852 castrações de cães e gatos.

164 toneladas de entulhos recolhidos.

Revitalização dos parques Cambuí e Guairacá, no Fazendinha.

250 famílias atendidas pelo novo ponto do Câmbio Verde.


Esporte e Lazer

6 estações de ginástica implantadas.


Saúde

R$ 17.884.201,43 repassado ao Hospital do Trabalhador, pelo SUS Curitibano.


Iluminação

8.918 atendimentos.


Moradia

54 famílias ganharam título de propriedade.


Educação

Colocado em funcionamento o CMEI Santa Schier, no Guaíra.

Inaugurada nova instalação da Escola Municipal Professora Maria Nicola.

Comunidade Escola na Escola Municipal José de Anchieta.

Inauguração do Farol do Saber Rocha Pombo.


Ação Social

10.200 peças de roupas entregues no Mutirão da Vila Portelinha.

1.039 vagas em 36 cursos de qualificação profissional.


Obras

Pavimentação das ruas Fernando de Souza Costa (Fazendinha), Herculano Carlos Franco de Souza e Lindolfo Pessoa (Água Verde) e 24 de Maio (Parolin).


Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

Siga o BRDE nas redes sociais!

NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

PARCEIROS

MAIS LIDAS

Copyright © 2012 XV Curitiba