Conecte-se conosco

Curitibanices

Gratuito: Curitiba tem aulas de surfe indoor para crianças e adolescentes

Publicado

em

Foto: Levy Ferreira/SMCS

Não tem onda nem areia. Mesmo assim, um grupo de crianças e adolescentes, de 9 a 17 anos, se diverte e aprende durante aulas de surfe indoor promovidas no Clube da Gente Santa Felicidade.

A atividade é gratuita, acontece às sextas-feiras, das 8h às 9h30, e tem vagas disponíveis para a garotada. Para fazer a inscrição basta procurar a secretaria do Clube da Gente, na Rua Daniel Cesário Pereira, 681. É preciso apresentar atestado de aptidão física e dermatológico.

O objetivo é treinar com a prancha na piscina para que a garotada aprenda o básico do esporte e desenvolva conhecimentos e habilidades para depois entrar no mar.

Nas aulas a turma aprende a subir em diferentes modelos de prancha, remar, se equilibrar. Também são ensinadas as técnicas de como cair da prancha na água e apneia, para ampliar a resistência respiratória embaixo da água.  

Força e resistência

O projeto de iniciação esportiva e transição para a prática do surfe é desenvolvido pelo professor da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Cláudio Filietaz, o Crispim, com a participação de voluntários.

Adepto ao surfe, o professor explica que a modalidade desenvolve força, potência e resistência muscular nos praticantes, além de agilidade, coordenação, velocidade e equilíbrio.

O projeto também ensina a confecção e conserto de pranchas de surfe e de stand up padle. “É uma oportunidade para desenvolver o interesse das crianças em aprender uma atividade diferente, de dedicar o tempo para algo que pode ser lúdico e também gerar renda, além de promover sustentabilidade”, diz o professor.

Esporte apaixonante

O estudante Denis Eduardo Almeida Rosa, 15 anos, estava sedentário, sem motivação para praticar qualquer atividade física.

“Resolvi tentar e logo me apaixonei pelas aulas de surfe. Hoje eu já consigo subir na prancha, remar, dar peixinho e ficar em apneia”, conta Denis.

O projeto é também uma experiência positiva em inclusão. Tiago Evanoski, 25 anos, tem autismo e participa do projeto na companhia da mãe, a dona de casa Priscila Neri Evanoski, que observa semanalmente melhora no desenvolvimento do filho.

 “Ele desenvolveu força física e coordenação motora. Tem o ensinamento do professor, a ajuda dos amigos e a colaboração dos voluntários que estão fazendo ele progredir muito bem”, revela Priscila.

Batismo no mar

Boa parte dos alunos do projeto chegam para as aulas sem nunca terem vivenciado uma experiência de surfe. Alguns sem nem saber nadar. Em pouco mais de quatro meses de aulas, a turma já está preparada para o batismo no mar.

A experiência vai acontecer no domingo (27/10), pela manhã, na praia de Matinhos, no litoral do Paraná. A estreia será acompanhada pelos voluntários que auxiliam Crispim nas aulas, como a empresária e ativista pelo meio ambiente Amália Pereira.

“Participar do projeto é uma forma de promover educação ambiental, de formar multiplicadores de ações de preservação, especialmente da vida marinha”, diz Amália.

 

Serviço: aulas de surfe indoor

Local: Clube da Gente Santa Felicidade (Rua Daniel Cesário Pereira, 681)
Telefone: (41) 3296-3261

Publicidade