fbpx
Conecte-se conosco

Notícias

Gilmar Mendes diz não torcer pela Lava-Jato e queria que Lula recorresse em liberdade

Publicado

em

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Em Entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura, Gilmar Mendes declarou que o ex-presidente Lula não possui o direito de recusar a progressão de seu regime de prisão.Ele não tem esse direito. Acredito que aqui há um pouco o recurso de uma retórica.”

Gilmar, porém, não deixou de atacar os procuradores da Lava-Jato que pediram à Justiça que Lula vá para o regime semiaberto porque já cumpriu um sexto de sua pena de oito anos e dez meses por corrupção e lavagem de dinheiro. “O que me chamou a atenção foram os procuradores oferecerem o regime semiaberto ao Lula. Nunca foram legalistas, nunca foram garantistas. Mas agora se convenceram. Se convenceram porque era conveniente. Aliviaram a pressão que existe sobre o tempo, fazendo leitura de estrelas.”


Ainda sobre a decisão da possibilidade do réu poder ser preso estando ainda recorrendo em segunda instância, Mendes continua achando tal entendimento uma falha. Para o ministro o abuso vem ocorrendo. Ele acredita que, no ano passado, quando o STF julgava um recurso de Lula deveria ter avaliado a questão, para que Lula apelasse em liberdade.


Crítico da Lava-Jato, o juiz diz não torcer para a Lava-Jato e acredita que a operação chegará ao fi. “Torço para todas as operações, não para a Lava-Jato, para que nós, de fato, continuemos a combater a corrupção, mas sem esse personalismo. Sem talvez até a necessidade de forças-tarefas, talvez possamos ter grupos, procuradores, juízes que deem conta do seu trabalho dentro de ambiente de normalidade.”

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

Publicidade

NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

PARCEIROS

MAIS LIDAS