Filhotes de araras azuis e vermelhas deixam Zoológico de Curitiba mais colorido e com novos sons

XV CURITIBA
4 Min Read
Um filhote de araras azuis e dois filhotes de araras vermelhas serão as próximas atrações do Zoológico de Curitiba. Curitiba, 18/03/2024. Foto: José Fernando Ogura/SMCS

O Zoológico de Curitiba, unidade de conservação ambiental da Prefeitura no Alto Boqueirão, está com quatro novos moradores, todos nascidos no local.

Nos dias 20 de janeiro e 19 de novembro de 2023 nasceram filhotes de arara-azul, espécie considerada como vulnerável dentro da Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN Red List). No dia 10 de janeiro deste ano, nasceram também duas araras-vermelhas no Zoológico. 

Os filhotes estão no setor extra do Zoo, ainda não foram colocados na área de visitação.

Os nascimentos das araras-azuis, em especial, foram muito comemorados, pois a espécie é ameaçada de extinção. Este é o sexto nascimento de um filhote desta espécie no Zoológico de Curitiba.

O casal que reproduziu os filhotes é formado pelo macho que chegou no Zoo em 2021 e pela fêmea que nasceu no Passeio Público em 1997.

“Esse casal se deu muito bem, o pareamento foi um sucesso. Em um ano juntos já nasceram dois filhotes. Existem casais que ficam juntos muito mais tempo e não conseguem a reprodução”, explicou a bióloga Vanessa Freire de Carvalho, da equipe do Zoo.

Ela explicou que os filhotes são alimentados duas vezes por dia. Às 9h30 com ração e às 15h com frutas. Nos primeiros meses a alimentação era reforçada para os pais, pois eles levavam a comida para os filhotes.

Nascimento comemorado

Com quatro meses, o mais recente filhote de arara-azul já está quase do mesmo tamanho dos pais, mas ainda deve conseguir um pouco mais de peso. O crescimento é bem rápido após o nascimento. 

“Sempre que nasce um indivíduo de espécie ameaçada de extinção a gente comemora. Priorizamos a reprodução de animais com risco de extinção, como é o caso da arara-azul. O Zoológico tem essa função de reprodução dos animais para preservação das espécies”, explicou Vanessa. 

Dois filhotes

Os filhotes de araras-vermelhas ainda estão com o porte pequeno e ficam no ninho à espera da mãe, que leva os alimentos. Esses são os dois primeiros filhotes do casal nascidos no Zoológico. A mãe chegou ao Zoo em 2001 e o pai em 2006. “O pareamento dos dois não foi imediato, demorou um pouco”, disse Vanessa. 

Em exposição

No Zoológico, logo na entrada dos visitantes, há o recinto das araras-canindé, com cinco animais da espécie, com penas azuis e amarelas. Elas medem de 80 a 91 centímetros e pesam entre 900 gramas e 1,5 quilo. Ainda neste ano elas terão a companhia das araras-azuis e das araras-vermelhas.

Zoológico de Curitiba

O Zoológico Municipal de Curitiba está passando pela maior obra de revitalização desde a sua criação, em 1982. Os investimentos da Prefeitura nas obras são de cerca de R$ 14 milhões em benfeitorias que irão melhorar a experiência ao visitante, mas principalmente trarão níveis mais elevados de bem-estar aos animais.

O Zoo é responsável pelo cuidado de mais de 1,8 mil animais, que ficam na área de visitação. São cerca de 589 mil metros  quadrados, com aproximadamente 165 recintos. Entre os animais, estão alguns de espécies nativas ameaçadas, inseridos em programas nacionais de conservação.

Mais de 70% dos animais vieram de situações de intervenção humana (apreensões, tráfico, circos, maus-tratos) que impossibilitaram sua soltura na natureza. Hoje, recebidos pelo Centro de Apoio à Fauna Silvestre (Cafs), também encontram abrigo e cuidado na unidade de conservação do Alto Boqueirão.

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.