Conecte-se conosco

Notícias

Fantasia de goleiro Bruno em festa de Halloween gera revolta e pode se tornar caso de justiça

Publicado

em

Foto: Reprodução Instagram

Uma fantasia de Halloween gerou polêmica e muitas críticas negativas durante uma festa, onde um homem foi caracterizado como o ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza, condenado em 2010 pela morte da então namorada Eliza Samudio. O caso aconteceu em Manaus, no Amazonas, nesta segunda-feira (01).

O caso ganhou grande repercussão após uma foto mostrando a fantasia ser postada nas redes sociais da casa de shows Porão do Alemão, que promovia o evento. Na imagem é possível ver um homem, que não teve a sua identidade revelada, vestindo uma camisa do Flamengo que estampa o nome Bruno e segura um saco de lixo preto no qual está escrito Eliza. A fantasia foi criticada e considerada uma apologia ao feminicídio. 

Após polêmica, a boate apagou a foto e se pronunciou dizendo que “não compactua com apologia a qualquer crime, inclusive feminicídio”. Além disso, a empresa disse que a imagem foi postada por um estagiário que alegou ter desconhecimento do caso, que aconteceu em 2010. Ele foi advertido e afastado temporariamente.

A repercussão foi tão negativa que a deputada estadual Joana Darc (PL), membro da Comissão de Defesa das Mulheres da Assembleia Legislativa do Amazonas, se manifestou informando que levará o caso à Justiça como apologia ao crime.

“Isso não é fantasia de Halloween, isso é apologia a um crime cometido contra uma mulher que foi estrangulada, esquartejada e morta. Que horror! Não podemos nos calar mulheres”, disse a deputada por meio das suas redes socias. 

Receba as notícias do Portal XV Curitiba em seu Whatsapp, clicando aqui.