fbpx Fábrica do Café Damasco abrigará hospital filantrópico em Curitiba | XV Curitiba
Conecte-se conosco

Curitibanices

Fábrica do Café Damasco abrigará hospital filantrópico em Curitiba

Publicado

em

Representantes da comunidade árabe e do Parque Damasco, área da antiga fábrica do Café Damasco às margens da BR-277 e entre os bairros Orleans e São Braz, entregaram nesta quinta-feira (19/12) ao prefeito Rafael Greca e ao secretário do Governo Municipal e presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), Luiz Fernando Jamur, o projeto do Hospital de Beneficência Árabe do Paraná. A entrega ocorreu durante reunião realizada no Salão Brasil do Palácio 29 de Março, sede da Prefeitura Municipal de Curitiba.

O novo hospital filantrópico será instalado na área do Parque Damasco, que também contará com edifícios comercias e residenciais, mercado, áreas de lazer e de preservação ambiental e o memorial do café, que irá expor parte importante da história do Paraná. “É um projeto ousado, fruto da somatória de sonhos, competências e da característica curitibana de reunir harmonicamente generosidade, hospitalidade, tecnologia e sustentabilidade”, disse Marcos Bodanese, empresário ligado ao Parque Damasco.   

O complexo médico tem a previsão de comportar 500 leitos, 150 leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), centro cirúrgico equipado com cirurgia robótica, laboratórios, centro de diagnósticos, consultórios, maternidade, pediatria, centro de pesquisas e demais unidades. Toda a estrutura será integrada no mesmo espaço para evitar deslocamentos. 

Para atender visitantes e acompanhantes de pacientes, o hospital também terá junto à sua edificação acomodações e o chamado “senior living”, que servirá de residência para os pacientes idosos.   

De acordo com o presidente da Associação Árabe de Beneficência do Paraná (Saben), Rached Hajar Traya, o projeto foi trazido em primeira mão ao prefeito. “É um projeto robusto, um equipamento hospitalar de primeira linha à altura da nossa cidade. Felizmente, pela boa parceria que se estabeleceu, nós temos a possibilidade concreta que esse projeto se viabilize”, apontou Traya. 

O prefeito Rafael Greca recepcionou o projeto e logo o entregou ao secretário e presidente do IPPUC, Luiz Fernando Jamur. “Por si só, o novo e moderno hospital já se bastava. Mas, ele chega também com um pacote que vai induzir o desenvolvimento naquela região da cidade. Vamos encaminhá-lo já ao IPPUC e ao Conselho Municipal de Zoneamento para que em março, quando está planejado o lançamento da pedra fundamental, vocês já tenham a segurança de tudo que pode ser feito no local”, revelou Greca.  

 

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy
Publicidade