Conecte-se conosco

Notícias

“Ele tinha uma crença ferrenha no tratamento precoce” diz Alexandre Leprevost sobre morte de seu pai

Publicado

em

Em discurso emocionado durante a sessão da Câmara Municipal, o vereador de Curitiba Alexandre Leprevost (SD) falou sobre a morte do seu pai Luiz Antônio Leprevost que faleceu no final da noite da última sexta-feira (09), aos 69 anos de complicações da Covid-19.

“Meu pai tinha uma crença ferrenha no chamado tratamento precoce, o qual falava disso como se fosse médico. Tomou cloroquina, ivermectina. Após ser infectado relutou em ir ao hospital. Ficou em home care, com médicos que dizem conhecer como ninguém o assunto, mas na verdade encontraram apenas uma forma de monetizar os seus negócios com o aval do nosso presidente com o tal do tratamento precoce”, desabafou.

O vereador também deixou claro seu posicionamento sobre o uso de medicamentos para o tratamento precoce da Covid-19.

“Não serviu para nada. Internei meu pai com 80% dos pulmões comprometidos. Foram quatro recaídas ao coma, cinco meses de muita dor e luta contra uma batalha que parecia não ter fim”, contou.

AJUDE O PEQUENO PRINCIPE!