Curitiba vence prêmio internacional com ações de acesso à alimentação saudável e combate à fome

XV CURITIBA
7 Min de leitura
Prefeito Rafael Greca, almoça no Restaurante Popular do Capanema. Curitiba, 13/03/2018. Foto: Pedro Ribas/SMCS

As ações inovadoras de Curitiba para ampliar o acesso à alimentação saudável à população e de combate à fome e desperdício de alimentos renderam à cidade mais um reconhecimento internacional: o 1º lugar no Fab City Awards, promovido pela Fab City Foundation, uma instituição criada em Barcelona (Espanha) e com sede na Estônia.

O projeto que rendeu a vitória à Curitiba na primeira premiação realizada entre as fab cities – atualmente, são 52 – foi o conjunto de seus programas de Segurança Alimentar e Nutricional. Entre eles, a Fazenda Urbana e as hortas urbanas, o Mesa Solidária, Banco de Alimentos e os Armazéns da Família.

A premiação também reconheceu mais dois “fortes projetos”, como a fundação definiu, que servem de modelo para outros lugares do mundo: o Fab Lab do Cajuru, primeiro laboratório de prototipagem público da cidade, e o ecossistema de inovação Vale do Pinhão.

“Curitiba apresentou três projetos muito fortes. Embora o programa de Segurança Alimentar e Nutricional seja o vencedor absoluto, queremos destacar também os outros dois projetos que submeteram”, informou o Fab City Foundation em seu site.

Diversos atores

Para os avaliadores do prêmio, o programa de Segurança Alimentar e Nutricional em Curitiba se destacou ao incorporar uma estratégia de ciclo alimentar em toda a cidade, enfatizando qualidade, acessibilidade e sustentabilidade.

Neste ciclo, a Prefeitura promove e incentiva a produção de alimentos no espaço urbano nas suas 147 hortas urbanas e duas Fazendas Urbanas (a do Cajuru e a da CIC, em implantação), com o engajamento da população.

Além disso, cria pontos de venda de alimentos saudáveis com valores acessíveis, como os 35 Armazéns da Família e os 11 Sacolões da Família, que também beneficiam os produtores da cidade e região metropolitana. 

O Câmbio Verde faz a troca de material reciclável por comida e, só no primeiro semestre deste ano entregou 441 toneladas de produtos orgânicos para 30,6 mil pessoas.

Projetos como o Banco de Alimentos e de incentivo à compostagem contribuem para o aproveitamento total dos alimentos, a preservação da biodiversidade e gestão de resíduos de forma sustentável.

Com a colaboração de diversos atores de ecossistema de inovação curitibano – iniciativas pública e privada, meio acadêmico e da sociedade civil – estas ações da capital paranaense não só se alinham com os objetivos de autossuficiência e inclusão como também são referência para outras Fab City.

1ª Fab City do país

A Fab City Foundation é uma instituição criada em Barcelona (Espanha), com apoio do IAAC (Institute for Advanced Architecture of Catalonia) e The Center for Bits and Atoms do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) com o objetivo de para desenvolver cidades localmente autossuficientes e globalmente conectadas.

Em agosto de 2017, Curitiba se tornou a primeira Fab City do Brasil, ingressando para este projeto descentralizado e aberto que atualmente conta com 52 cidades e regiões do mundo que se propuseram o desafio de se tornarem autossuficientes até 2054, conseguindo produzir 50% da energia, dos alimentos e dos produtos que consomem e gerar tecnologias relevantes para seus cidadãos.

“Em 2017, quando o prefeito Rafael Greca inseriu Curitiba no cenário global das Fab Cities, foi um passo importante para ampliar na cidade o pensamento inovador e criativo em prol da transformação social. Este prêmio mostra que o curitibano aderiu a essa ideia e vivencia um modo de vida com soluções criativas, inovadoras, tecnológicas e culturais voltadas para um futuro melhor”, destaca o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Dario Paixão.

Entre as cidades que são Fab Cities estão a pioneira Barcelona (Espanha), Boston e Detroit (Estados Unidos), Cambridge (Inglaterra), Amsterdam (Holanda), Paris (França) e Santiago (Chile).

O Prêmio

O Fab City Awards 2023 é a primeira edição deste concurso internacional entre a rede de Fab Cities, organizado pela Fab City Foundation, e reconhece as melhores práticas de cidades, cidades e regiões que estão trabalhando para promover uma vida sustentável, regenerativa e autossuficiente através da produção local e de ligações globais.

Outros prêmios

Apenas sete anos depois da criação do Vale do Pinhão, Curitiba coleciona diversos prêmios e reconhecimentos nacionais e internacionais por suas iniciativas que a tornam referência de smart city (cidade inteligente) e de inovação.

Somente em 2023, a capital paranaense já foi eleita:

Compartilhe o artigo
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.