Curitiba inaugura a primeira arena de futebol para drones do Brasil

XV CURITIBA
6 Min Read
Foto: Divulgação

Primeiro espaço do Brasil para pessoas interessadas em praticar a pilotagem dos drones inaugura em novembro

O Brasil, conhecido como o país do futebol, está se preparando para entrar em um novo esporte que está crescendo rapidamente no mundo: o Drone Soccer. O diferencial é que em dois times de até cinco jogadores, eles competem para marcar gols usando drones em vez de bola. O objetivo do jogo é marcar mais gols do que o adversário, usando drones que são protegidos por uma esfera plástica e que devem ultrapassar a meta adversária.

O esporte teve origem na Coreia do Sul e já conta com praticantes e associações na Europa, Estados Unidos e na Ásia e é claro que o Brasil não poderia ficar de fora. O Drone Soccer lembra muito para os fãs da sequência Harry Potter o Quadribol. Todos os praticantes usam um Drone Ball, sendo que apenas um deles de cada time, o Striker (atacante), pode converter a meta.

Primeira Arena de Drone Soccer no Brasil

- Advertisement -

Para ajudar a popularizar o esporte no Brasil, a Drone4Fun lança a primeira Arena de Drone Soccer no país, no Shopping Crystal, em Curitiba (PR). A Arena contará com um campo de jogo nos moldes das organizações internacionais e equipamentos de última geração.

A abertura para o público é a partir de 10 de novembro. Os interessados e os futuros jogadores poderão aprender sobre o esporte e também sobre a tecnologia dos drones e iniciar a prática dessa inovadora modalidade.

O circuito completo com instrução, simuladores e prática dura em média 30 minutos e tem o valor de R$ 60,00 por participante. O espaço pode receber também eventos de escolas, festas, experiências corporativas e colônia de férias. Para consulta de pacotes: https://dronekids.com.br/

Segundo Márcio Vieira, CEO da Drone Kids School, “o Drone Soccer é desafiador, inovador e inclusivo, pois é um esporte eletrônico, mas praticado no mundo real”. Segundo ele, os atletas são provocados a desenvolver um conjunto de habilidades e competências, intelectuais, tecnológicas e educacionais únicas, valorizando a soma do conjunto de todas elas.

A Arena será um espaço democrático, e o primeiro espaço do Brasil para pessoas interessadas em praticar a pilotagem dos drones. “É um local para testar, se divertir, para qualquer pessoa, independente da idade, que queira ter uma experiência com drones. Um test drive para inúmeras possibilidades, inclusive para o esporte”, completa.

Oportunidade para os Early Adopters

O Drone Soccer é um esporte que ainda está em sua fase inicial. Isso significa que existe uma grande oportunidade para os early adopters, que são as pessoas que se interessam por novos esportes, tecnologias e também para os praticantes de e-sports.

Os jogadores que começarem a praticar o Drone Soccer agora terão uma vantagem sobre os outros jogadores. Eles poderão aprender o esporte antes que ele se torne popular e terão a chance de se destacar em futuras competições.

O futuro do Drone Soccer no Brasil

O Drone Soccer tem o potencial de se tornar um grande esporte no Brasil, que tem uma população apaixonada por futebol, tecnologia e e-games.

“Com o lançamento da primeira Arena de Drone Soccer no Brasil, o esporte está dando um grande passo em direção à sua popularidade. Os principais times de futebol convencional podem criar seus times, se posicionando como inovadores e aproximando-se de seus jogadores. E, em breve, é provável que um campeonato brasileiro de Drone Soccer seja criado. Isso ajudaria a popularizar o esporte ainda mais e a criar novos ídolos para os fãs”, complementa Vieira.

Regras e como jogar Drone Soccer

As partidas são em três sets e a equipe vencedora será a melhor desses 3 sets de 3 minutos cada. Entre cada set existe um intervalo de 5 minutos para que as equipes façam ajustes e manutenções em seus equipamentos.

Os droneballs em jogo são envoltos em esferas protetoras iluminadas por luzes LED coloridas – permitindo que jogadores e espectadores identifiquem facilmente os membros das diferentes equipes. Além disso, os droneballs são operados por pilotos de drones posicionados em cada extremidade do campo. Apenas um jogador em cada equipe – o “atacante” – pode pontuar (fazer gol) voando seu drone através da meta circular distante do solo cerca de 3 metros. Os jogadores restantes devem ajudar seu atacante ou evitar que o atacante adversário marque, protegendo seu gol.

Sobre a Drone Kids School – A empresa foi fundada em maio de 2017, em Curitiba (PR) e está presente em quase todos os Estados do Brasil. Através do drone, são trabalhados diversos conteúdos de sala de aula, como matemática, ciência, engenharia e até mesmo arte, aprendizados tangenciais que potencializam teoria e são trazidos para a prática. A empresa foi considerada uma das 10 melhores iniciativas de tecnologia educacional na BETT Show Londres em 2019. As aulas são para crianças e adolescentes de 5 a 18 anos. E as propostas variam de cursos com encontros semanais que podem ser anuais, semestrais, intensivos, até experiências de um dia, colônias de férias, semana do drone e arena de imersão em eventos e shoppings.

Share this Article
Posted by XV CURITIBA
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.