Conecte-se conosco

Notícias

Curitiba comemora a adesão da população a vacina após um ano do início da imunização

Publicado

em

Foto: Pedro Ribas/SMCS

Nesta quinta-feira, 20 de janeiro de 2022, Curitiba completa um ano desde que a primeira pessoa da cidade foi vacinada pela Prefeitura contra a covid-19. De lá para cá, a cidade já aplicou mais de 3,5 milhões de doses do imunizante que está efetivamente protegendo o curitibano: nesta quarta-feira (19/1), 89,5% da população com 12 anos ou mais já está totalmente vacinada. Agora, é a vez dos curitibinhas de 5 a 11 anos também receberem suas doses de proteção.

O curitibano aderiu prontamente à vacina, confiando no avanço tecnológico da Ciência, que permitiu desenvolver, em menos de um ano, um imunizante seguro contra o vírus que se espalhou pelo mundo a partir de 2020. A cidade leva no braço primeiras e segundas doses, doses únicas e agora vem sendo chamado para as doses de reforço.

“Vacinas salvam vidas. A humanidade conhece as vacinas desde a contra varíola e testemunhou muitas vidas salvas por esse presente da Ciência. Estamos vendo, mais uma vez, os resultados positivos que a imunização traz e o curitibano está sendo exemplar ao receber essas doses de esperança”, destaca o prefeito Rafael Greca.

O resultado positivo no avanço da imunização foi visto a partir de setembro de 2021, quando o número de novos casos e de internamentos pela doença começaram a cair na cidade, no momento em que mais de 70% da população vacinável (12 anos ou mais) tinha recebido pelo menos uma aplicação e mais de 30% havia completado o esquema vacinal (duas doses ou dose única). Também foi quando os idosos e imunossuprimidos começaram a receber uma dose complementar, para reforçar a proteção contra o Sars-Cov-2.

Publicidade