fbpx
Conecte-se conosco

Stereo Pop

CRÍTICA: ‘Nasce Uma Estrela’

Publicado

em

Nesta quinta-feira (11), “Nasce Uma Estrela”, estrelado por Lady Gaga e Bradley Cooper, chega aos cinemas brasileiros.

Esta é a quarta adaptação da história, que já foi protagonizada por Barbra Streisand, Judy Garland eJanet Gaynor, e conta a história de Jack, um famoso astro da música country, e Ally, uma aspirante a cantora que tem o seu mundo virado do avesso ao embarcar em um relacionamento com o cantor.

O romance, que no começo era impulsivo e repleto de adrenalina, passa a mudar drasticamente depois que Ally é descoberta por um famoso produtor e começa a sua própria carreira musical.

Jack, que considera a música como uma expressão genuína dos sentimentos, precisa lidar com o fato da cantora ter optado por um estilo completamente diferente do que estava acostumado, indo para o pop, com direito a coreografias clichês e letras superficiais, o que acaba afetando a forma como vê Ally.

Enquanto ela ganha fama mundial, ele vai caindo no esquecimento do público e precisa enfrentar o seu problema com o alcoolismo.

Este é o primeiro grande papel de Gaga nos cinemas. A cantora, que já ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz pelo seu papel em “American Horror Story: Hotel”, estreia nas telonas ao lado de Cooper, que também assina a direção e o roteiro. Apesar da ‘falta de experiência’, a atriz só vem recebendo críticas positivas em relação à atuação.

Lady Gaga em "American Horror Story: Hotel"

A química entre os dois é inegável. “Nós demos tudo que podíamos oferecer na tela”, disse ela em uma recente entrevista do longa e ressaltou que não queria que os fãs remetessem o seu personagem no cinema com as performances que realiza nos palcos.

A trilha sonora é outro ponto alto da produção. Tanto Bradley quanto Gaga conquistam o espectador com seus timbres e interpretações, mostrando que talento é o que não falta para ambos.

“Nasce Uma Estrela”, com certeza, surpreendeu. Ninguém esperava que o filme, estrelado até então por uma estrela da música pop, romperia tantas barreiras. Gaga mostrou que já está além dessas cantoras simplistas e que só se destacam pelos seus agudos excessivos. Bradley provou ser um ótimo diretor e um excelente cantor.

NOTA: 8/10

Assista nos cinemas!

Conheça o site do Stereo Pop e fique por dentro das principais novidades do mundo do cinema, séries, música, shows e muito mais!

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

MAIS LIDAS

Copyright © 2012 XV Curitiba