Conecte-se conosco

Paraná

Candidatura de César Silvestri fica enfraquecida com aposentadoria de Rossoni

Publicado

em

O deputado federal Valdir Rossoni, ex-presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, decidiu não sair mais candidato pelo PSDB do Paraná, nem ao Senado Federal, nem à reeleição, nem à Assembleia Legislativa do Paraná.

A decisão coloca uma interrogação de como estão as chapas do PSDB para 2022, nossa imaginação pode chegar à conclusão de que ela pode estar pior do que se pensava.

Simbolicamente, teorizando, o anúncio de Valdir Rossoni é um problema, ele nos últimos meses vinha trabalhando para sair ao legislativo estadual, para a legenda garantir até quatro cadeiras, mas e agora, será que o PSDB vai conseguir emplacar três?

Alguns aspirantes a políticos e que viram a lista de candidatos apostam em duas cadeiras para a Alep e no máximo duas para deputado federal, o que deve intensificar a briga interna surda entre Michele Caputo, Cristina Silvestri e Mabel Canto, além de Douglas Fabrício, do Cidadania, os quatro disputando as vagas.

Para a Câmara Federal, as projeções são de que Beto Richa irá ficar com uma cadeira, a outra, em tese, vai ser disputada por Rubens Bueno ou Jocelito Canto, se conseguir passar pelo crivo do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

A candidatura ao governo de Cesar Silvestri é apontada por militantes da sigla como um dos fatores da decadência política tucana, o partido está dividido e alguns concorrentes falam abertamente que pretendem aderir a campanha do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD).

No meio do caos políticos, o presidente estadual Beto Richa está correndo contra o relógio para apaziguar os problemas internos, mas tudo indica, será em vão.

Eis a postagem de Valdir Rossoni nas redes sociais:

Paranaenses,

Decidi que não serei candidato a cargo algum na eleição que se aproxima. Encerro minha trajetória política em janeiro de 2023, quando termina meu mandato de deputado federal.

O sentimento é de gratidão.

Jamais esquecerei todos aqueles que confiaram em mim e caminharam ao meu lado em algum trecho desta caminhada.

Tenho esperança na renovação, por isso abro espaço.

Volto para minha terra natal, Bituruna, cidade onde nasci e escolhi para viver. Se um dia passarem pela terrinha, estarei na minha indústria, a Brasfibra, de botina e mão na massa  Cheguem para tomar um chimarrão!

Gratidão e muitas saudades dos amigos e amigas

Receba as notícias do Portal XV Curitiba em seu Whatsapp, clicando aqui.