Conecte-se conosco

Notícias

Boca Aberta é condenado à prisão por fazer “blitz da saúde” em UPA

Publicado

em

O deputado federal Emerson Petriv (PROS), conhecido como Boca Aberta, foi condenado a 22 dias de prisão em regime semi-aberto por perturbação do trabalho ou do sossego, como descreve a sentença do juiz Luiz Eduardo Nardi dos juizados especiais criminais. Petriv poderá, no entanto, recorrer da sentença em liberdade. 

A denúncia feita pelo Ministério Público se refere a "blitz da saúde" que o então vereador fez nos dias 5 e 6 de janeiro de 2017. Boca aberta foi à UPA acompanhado do filho, alegando ter recebido denúncia de pacientes de que não havia médicos. Mesmo com a recusa de médicos e enfermeiros, eles entraram na unidade e filmaram os profissionais de saúde. 

Deputado xinga vereador e leva um soco na cara em Londrina

O material viralizou pelas redes sociais. O juiz ressaltou que o mandado de deputado federal e com prerrogativa de foro não isenta das responsabilidades de crimes cometidos pelos parlamentares.

A defesa de Petriv informou que irá recorrer da decisão.

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

AJUDE O XV!

PARCEIROS

TOPS DA SEMANA

Copyright © 2012 XV Curitiba