fbpx Após ser agredido por feminista, Bar do Torto continua bem movimentado | XV Curitiba
Conecte-se conosco

Curitibanices

Após ser agredido por feminista, Bar do Torto continua bem movimentado

Publicado

em

Foto: Brunno Covello Fotografia

Na noite do dia (04) de fevereiro, Arlindo Ventura, conhecido por Magrão, foi agredido por uma ‘’cliente” em seu bar, a mulher o agrediu com chutes na virilha, arremessou o liquido do copo e o copo na cara do comerciante, além de jogar outro copo de  vidro que acabou acertando uma outra cliente. Ficando evidente nos vídeos divulgados que Arlindo tenta acalmar a suposta cliente que de inúmeras maneiras parte para agressão.

Passando por toda está situação, Arlindo resolveu abrir no dia seguinte o bar para receber a manifestação ‘’boicote ao bar do torto’’, Magrão dialogou com pseudos movimentos lacradores que não representam ninguém, com toda a calma do mundo Magrão escutou o ‘piti’ dos lacradores.

Por sorte, os fregueses em geral entenderam que Arlindo não estava errado em se proteger, e continuaram a frequentar o famoso Bar do Torto ainda mais.

Serviço:

R. Paula Gomes, 354 – São Francisco, Curitiba

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy
Publicidade