Além do pai, mãe de criança com paralisia cerebral também é investigada por desvio de doações

XV CURITIBA
2 Min de leitura
Foto: Reprodução/ Redes Sociais

O influenciador Igor Viana e a criadora de conteúdos digitais Ana de Santi estão sendo investigados pela Polícia Civil de Goiás por suspeitas de desvio de doações destinadas ao tratamento de sua filha de 2 anos, que possui paralisia cerebral. Além disso, ambos enfrentam acusações de maus-tratos e estelionato.

A investigação começou após denúncias anônimas indicarem que a criança estava sendo negligenciada, vivendo em condições de higiene precárias e não recebendo os cuidados adequados. Segundo a delegada responsável pelo caso, Aline Lopes, há indícios de que Ana utilizou parte das doações recebidas para realizar intervenções estéticas. “Há informações de que a mãe teria feito cirurgia plástica com esse dinheiro”, afirmou a delegada.

De acordo com um perfil online dedicado a expor fraudes, Igor e Ana não possuem mais um relacionamento afetivo, mas mantêm uma relação conflituosa. Embora não haja um processo formal de guarda, eles concordaram que a criança ficaria sob os cuidados do pai. No entanto, as investigações sugerem que os dois estariam colaborando para desviar os fundos recebidos.

As denúncias que motivaram a investigação incluem relatos de que a menina estava sendo maltratada e negligenciada. A polícia agora busca esclarecer a extensão dos crimes cometidos e verificar se as doações foram de fato desviadas para fins pessoais.

Ambos os pais serão intimados a depor para fornecer explicações detalhadas sobre o caso.

Compartilhe o artigo
Follow:
O Portal XV Curitiba é um dos principais sites de notícias de Curitiba, capital do Paraná. Reconhecido por seu compromisso com a verdade e a integridade jornalística, o portal se dedica a cobrir todas as facetas da vida na cidade.