fbpx
Conecte-se conosco

Curitibanices

Alborghetti Neto propõe que prédio da Justiça Federal seja incluído na Linha de Turismo de Curitiba

Publicado

em

Foto: Instagram

Um grande número de pessoas passa diariamente em frente ao prédio da Justiça Federal, em Curitiba, para fazer registros fotográficos, selfies e postagens do local em suas redes sociais. O ponto virou símbolo de anticorrupção no país com o desenrolar da Operação Lava Jato, maior iniciativa de combate a corrupção e lavagem de dinheiro da história do Brasil,  que teve como protagonista o juiz Sérgio Moro e sua atuação na 13ª Vara Federal de Curitiba.

Todos esses motivos bem conhecidos pelos brasileiros, segundo Alborghetti, “fazem com que pessoas de Curitiba e de todas as partes do Brasil queiram guardar um registro do prédio que tornou-se histórico e emblemático para o país”, afirma.

Alborghetti Neto quer ‘despetizar’ a Câmara Municipal de Curitiba.

Ele pretende apresentar em breve ao prefeito Rafael Greca essa iniciativa. “Quero mostrar para o prefeito essa ideia para que mais pessoas tenham a oportunidade de conhecer a sede da Lava Jato, de onde saíram diversos pedidos de prisão, incluindo a do maior corrupto do Brasil, o ex-presidente Lula”.

Resultados da Lava Jato até agora

(Fonte: Ministério Público Federal)

2476 procedimentos instaurados; 1196 mandados de buscas e apreensões; 227 mandados de conduções coercitivas; 155 mandados de prisões preventivas; 155 mandados de prisões temporárias; 6 prisões em flagrante.

548 pedidos de cooperação internacional sendo 269 pedidos ativos para 45 países e 279 pedidos passivos com 36 países.

183 acordos de colaboração premiada firmados com pessoas físicas.

11 acordos de leniência e 1 termo de ajustamento de conduta.

90 acusações criminais contra 421 pessoas (sem repetição de nome), sendo que em 50 já houve sentença pelos seguintes crimes: corrupção; crimes contra o sistema financeiro internacional; tráfico transnacional de drogas; formação de organização criminosa; lavagem de ativos entre outros.

Até o momento são 242 condenações contra 155 pessoas, contabilizando 2.242 anos e 5 dias de pena.

10 acusações de improbidade administrativa contra 63 pessoas físicas, 18 empresas e 3 partidos políticos pedindo o pagamento de R$ 18,3 bilhões.

Valor total do ressarcimento pedido (incluindo multas): R$ 40,3 bilhões

Os crimes já denunciados envolvem pagamento de propina de cerca de R$ 6,4 bilhões / R$ 12,3 bilhões são alvo de recuperação por acordos de colaboração sendo que R$ 846,2 milhões objeto de repatriação e R$ 3,2 bilhões em bens dos réus já bloqueados.

 

 

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

MAIS LIDAS

Copyright © 2012 XV Curitiba