fbpx
Conecte-se conosco

Notícias

Alborghetti Neto entrará com ação no MP para impedir candidatas de esquerda disputarem o conselho tutelar

Publicado

em

Desde o dia que Alborghetti Neto, diretor do site XV Curitiba, publicou um vídeo denunciando comportamentos desviados em que as candidatas ao cargo de conselheira tutelar Aline Castro e Rosana Kloster da regional Boa Vista comemoram “vitória” fazendo palanque eleitoral com o partidário discurso “Lula Livre”, esbravejando palavras de ódio e palavrões a seus adversários, os curitibanos ficaram perplexos.

Nesse contexto, Alborghetti Neto, exercendo seu papel de cidadão e sempre fiscalizando as boas práticas na política e no serviço público, tomará as devidas ações administrativas e legais a fim de tornar Aline Castro e Rosana Kloster inelegíveis ao cargo nas eleições que deverão ser retomadas, preservando, assim, a moralidade administrativa, mas acima de tudo defendendo as crianças, adolescentes e a família curitibana.

Alborghetti entrará em contato com o Ministério Público, além de se reunir com membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Curitiba.

Seu objetivo será denunciar a imoralidade e a contaminação partidária que Aline Castro e Rosana Kloster manifestaram no vídeo, o que as tornariam afastadas da candidatura ao Conselho.

Ao comemorar sua eleição fazendo palanque político, com gritos de ordem conhecidos pelos membros do PT, elas demonstraram cabalmente vinculação político-partidária em sua candidatura, bem como a utilização do cargo e de partidos políticos para favorecimentos de aliados. Com isso, ofendem aos princípios admnistrativos da impessoalidade, moralidade, dentre outros.

Aliás, causa espanto quando Rosana Kloster diz: “é isso aí, o Conselho Tutelar é nosso”. Ora, o Conselho Tutelar é um órgão público e pertence ao povo e não a determinado grupo ou partido. Com tal declaração dada logo após matraquear a partidária frase “Lula Livre”, torna-se  óbvio que Rosana está querendo tomar o órgão tutelar de assalto ao partido petista.

Aline e Rosana pretenderiam fazer uso da máquina pública em razão de objetivos escusos e ligados a ideologias e partidos políticos (leia-se PT). Tal fato, aliado com seus comportamentos agressivos, desrespeitosos e histéricos já são provas suficientes de suas respectivas inidoneidades morais, motivo que lhes afastam da futura disputa do cargo.

Longe de ser apenas uma questão política, o centro das preocupações de Alborghetti Neto é trazer verdadeiros guardiões do ECA ao Conselho Tutelar. Prestando amparo, calento e proteção às crianças e adolescentes.

Cadastre-se gratuitamente em nossa newsletter
Cadastre o seu email
I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )
We respect your privacy

Comments

comments

Publicidade

NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

PARCEIROS

MAIS LIDAS