Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), prenderam no último sábado (02/06), dois homens, suspeitos de participação no homicídio que vitimou Cláudio Hamilton Batistão, executado no dia (04/02), na rua Wilson Stadler, 524, no bairro Pinheirinho.

De acordo com a polícia, os suspeitos presos, dispararam várias vezes contra a vítima, no momento em que chegava na casa de um parente. Outro suspeito de participar do crime também foi identificado, porém faleceu recentemente num acidente de trânsito.

Mesmo ferido, a vítima ainda tentou se esconder numa residência próxima, onde chegou a ser socorrida mas morreu a caminho do hospital. Segundo o delegado-titular da DHPP, Fábio Amaro, a polícia chegou até os suspeitos depois de receber denúncias anônimas e ouvir testemunhas, e a motivação do crime teria sido por causa de uma peça de automóvel.

“Segundo relatos, a vítima estaria insistentemente cobrando uma peça de automóvel que foi emprestada para um dos suspeitos. Irritado com as cobranças, os autores resolveram acabar com a dívida matando Batistão”, completou Amaro.

Após a prisão, a dupla foi encaminhada para delegacia onde negou a autoria. Ambos possuem passagens policiais, o primeiro por tráfico de drogas e o segundo por embriaguez ao volante e porte ilegal de arma. A dupla foi autuada pelo crime de homicídio qualificado. Se condenados poderão pegar até 30 anos de prisão.

Comments

comments