“Os alertas sonoros emitidos pelas composições de trem não poderão ultrapassar 96 decibéis no período noturno” é o texto de um projeto de lei de autoria do vereador Bruno Pessuti (PSD) que será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nesta terça, às 15h. Além desta com substitutivo geral, serão discutidas outras 25 propostas na sala de reuniões da Presidência.

A obrigatoriedade de botão de pânico nos ônibus do transporte público de Curitiba é outro assunto da pauta. Segundo a iniciativa, de Dr. Wolmir Aguiar (PSC) e Cristiano Santos (PV), caberia à prefeitura definir a localização do dispositivo eletrônico dentro dos ônibus, desde que o sinal de alerta esteja integrado ao painel exterior do veículo

 

Comments

comments