Terremoto de 3,9 graus na escala Richter é registrado no litoral catarinense

Estadão Conteúdo

Moradores do litoral catarinense foram surpreendidos na manhã desta sexta-feira, 13, com um tremor de terra que alcançou 3,6 pontos na escala Richter. O abalo foi confirmado pelo Centro de Sismologia da USP (Universidade de São Paulo) e ocorreu às 9h28 a 100 quilômetros da Ilha de Santa Catarina, no oceano. Pelo menos 13 localidades na Grande Florianópolis sentiram o tremor. Por enquanto, não há registros de danos por conta do episódio.

A Defesa Civil de Florianópolis recebeu pelo menos 40 ligações logo após o tremor. Os moradores relataram que a terra tremeu por cerca de três segundos. "Eu pensei que era um caminhão passando, mas ainda pensei, que caminhão enorme, porque tremeu bastante", contou Elisângela Fagundes Fernandes, moradora do bairro Córrego Grande. Luciano Pinto usou o twitter para perguntar se mais gente tinha sentido a terra tremer. Já Isadora Sanchez também usou as redes sociais para descobrir o que estava ocorrendo: "Eu acabei de sentir minha casa toda tremer."

Em Blumenau, a mais de 140 km de Florianópolis, moradores também disseram ter sentido o terremoto. A Defesa Civil de Santa Catarina informou que está averiguando a situação nos municípios No início do mês, moradores catarinenses já tinham sentidos efeitos de um terremoto que teve epicentro na Bolívia.

O tremor de 3,6 pontos desta sexta-feira em Santa Catarina foi o maior registrado no país este ano e é considerado leve para os padrões internacionais e dentro da normalidade para os padrões brasileiros. Em dezembro do ano passado, um terremoto de 4,3 pontos foi registrado na fronteira entre Peru e Brasil.

Comments

comments