A Guarda Municipal prendeu um jovem de 22 anos nesta quinta-feira (2/8), no Cemitério Água Verde. Na mochila que o suspeito carregava, os guardas encontraram 15 placas de identificação de bronze que já haviam sido retiradas de túmulos. 

Durante a madrugada desta quinta, nas rondas de rotina pelo cemitério, os guardas viram o jovem e fizeram a abordagem. Ele também estava com três cadeados que tinham sido quebrados.

Com antecedentes criminais por roubo, o suspeito estava em liberdade provisória desde o último dia 27. O detido foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil para as providências cabíveis.  

Reincidência

“A Guarda Municipal tem combatido de forma efetiva esse tipo de crime nos cemitérios. Viaturas e motos do núcleo regional da Defesa Social reforçam a presença ostensiva dos guardas municipais lotados 24 horas por dia no cemitério do Água Verde”, afirma o diretor da corporação Odgar Nunes Cardoso.

Na semana passada, também no Água Verde, foi presa uma mulher de 34 anos com um mochila cheia de peças de bronze furtadas do local. A suspeita ainda tentou fugir e, na delegacia, apresentou nome falso.

Em junho, um homem de 39 anos foi flagrado com cinco placas de bronze que tinham sido retiradas momentos antes dos túmulos, além de facas, alicate e talhadeira. Segundo o suspeito, o material seria vendido em um depósito no bairro Parolin.

Comments

comments