Rapper diz ter sido dopada e estuprada nesta madrugada

Estadão Conteúdo

A norte-americana Azealia Banks relatou na madrugada deste sábado, 14, nos Stories do Instagram ter sido dopada e estuprada A rapper diz chorando que está se sentindo "suja e queria desaparecer", ela também pediu ajuda dos fãs. 

Os vídeos já foram apagados da rede social, no entanto há cerca de três horas ela postou um texto: "está sob controle agora, meu irmão e amigos estão aqui comigo… Eu vou ficar bem, não entrem em pânico, gente. Eu amo vocês. Eu definitivamente fui dopada no meu drinque mas estou acordando novamente". 

No Brasil, a hashtag #prayforazealiabanks está em segundo lugar no Twitter. A rapper é uma figura controversa no mundo pop – já se envolveu em brigas com artistas – e nas redes sociais – inclusive já foi suspensa no Facebook e do Twitter.

Em janeiro do ano passado, Azealia se envolveu em uma grande polêmica ao publicar mensagens ofendendo brasileiros. "Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem?". "Só porque vocês são brancos no seu país, não significa que sejam brancos no meu RISOS", continuou os ataques. Após a manifestação indignada dos internautas brasileiros, ela ainda respondeu: "não sabia que tinha internet na favela"

Cantora Azealia Banks durante apresentação em festival de música Roskilde, em 2013 Foto: EFE/KATRINE EMILIE ANDERSEN DENMARK

 

 

 

Comments

comments