Ao completar um ano do Programa Municipal de Castração Gratuita, neste fim de julho, Curitiba tem muito o que comemorar. A meta de atender 15 mil animais pelos castramóveis e clínicas credenciadas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente em 12 meses foi cumprida em maio, com dez meses de funcionamento de programa. Hoje, já são 19 mil cães e gatos castrados.

Para a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, a conquista se deve a um trabalho bastante sólido dentro da administração nas políticas de proteção animal. “Cumprimos a determinação do prefeito Rafael Greca e não medimos esforços para que a ação chegasse a todas as dez regionais da cidade”, justifica.

Segundo Marilza, existe forte engajamento da população, especialmente das pessoas que são ligadas à causa animal. “Já trabalham em parceria com a Prefeitura de Curitiba mais de 1,4 mil protetores de animais, além de Organizações Não-Governamentais e a sociedade civil”, aponta a secretária.

Abrangência

Iniciado no final de julho de 2017, o Programa Municipal de Castração Gratuita começou pela Regional CIC. Algumas áreas da cidade já foram atendidas três vezes.

Em janeiro de 2018, além dos dois castramóveis, que atuam nas áreas Norte e Sul da cidade, cinco clínicas credenciadas vieram reforçar o trabalho.

“Com isso, conseguimos ampliar o acesso aos serviços, visando a redução nos índices de abandono e de maus-tratos aos animais”, explica o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Ferraz Evaristo de Paula.

Além de combater o abandono, a castração torna os animais mais calmos, diminui o risco de fugas, previne a incidência de doenças do aparelho reprodutivo e pode aumentar o tempo de vida dos animais.

Inscrições continuam

As inscrições para o programa de castração podem ser feitas pelo site da Rede de Proteção Animal e são ininterruptas. Posteriormente, é preciso fazer a validação do benefício social nas Administrações Regionais e aguardar o agendamento via telefone.

É importante manter os dados de contato atualizados no cadastro, principalmente os telefones.

 


 

Passo a passo

1 – Acesse o link Cadastre seu Animal no site da Rede de Proteção;

2 – Informe seu CPF para iniciar o cadastro;

3 – Preencha corretamente seus dados e os dos animais;

4 – Informe o programa social ou ONG do qual faz parte: Armazém da Família; Bolsa Família; ONG de Proteção Animal ou protetor independente (mediante cadastro de protetor independente);

5 – Clique em adicionar o animal e em seguida, vá até o fim da página, clique em Salvar e anote o protocolo gerado (cada animal inscrito terá um número de protocolo);

6 – Compareça à Rua da Cidadania da Regional onde deseja atendimento para validação do benefício, apresente RG, CPF, o número de protocolo gerado e o comprovante do benefício (exceto protetores e ONGs);

7 – O agendamento do procedimento será feito pela Rede de Proteção Animal por contato telefônico.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelos telefones 3350-9939 e 3350-8903.

Comments

comments