Um professor de capoeira foi linchado até a morte após denuncias de abuso sexual no bairro Ganchinho, Curitiba. No final da noite de quarta-feira (16) os moradores da região resolveram fazer justiça com as próprias mãos contra Manoel Lourenço Gonçalves, de 47 anos, que morreu e teve o corpo jogada em um terreno baldio.

Segundo uma moradora da região, disse que o professor havia abaixado as calças e mostrando as genitais para uma criança de 10 anos e a noticia espalhou pelo bairro. Outros moradores da região disseram que era comum o professor fazer isso pela manhã com mulheres.

Em torno de 15 pessoas participaram do linchamento. O rapaz não tinha antecedentes criminais. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

Comments

comments