No último domingo (28), a maior premiação do mundo da música, o Grammy, que está em sua 60ª edição, aconteceu.

A noite foi marcada por performances emocionantes, críticas ao governo Trump e a falta de ganhadoras mulheres.

Em toda a cerimônia, Alessia Cara foi a ÚNICA mulher que ganhou um gramofone. A cantora levou o prêmio na categoria Artista Revelação. Shakira também ganhou na categoria de Melhor Álbum Latino de Pop, porém não esteve presente na premiação.

Alessia é conhecida pela canção "Scars To Your Beautiful", que aposta em uma letra que critica duramente à cultura da "mulher perfeita", criada pela mídia e pela indústria que procura enfiar goela abaixo os seus padrões de perfeição.

Outro destaque foi a rosa branca, utilizada por várias celebridades, simbolizando a luta contra o assédio que as mulheres sofrem na indústria do entretenimento. Entre as personalidades que apoiaram a causa, estavam Kelly Clarkson, Miley Cyrus, Pink, Reba McEntire, Lady Gaga. Rita Ora, Nick Jonas, Sam Smith, Kesha  e muitos outros.



De acordo com Ken Ehrlich, presidente da Academia, as mulheres não se esforçaram o suficiente para serem ganhadoras. (OI?). Confira a declaração na íntegra:

"Vamos começar com uma coisa… as mulheres que apresentam criatividade em seus corações e almas, e que querem ser artistas musicais, engenheiras de som, produtoras ou querem fazer parte da indústria em um nível executivo…. Precisam intensificar seus trabalhos, serem mais competitivas, porque assim são bastante bem-vindas. Eu não tenho experiência pessoal com esses tipos de problemas que elas enfrentam, mas acho que é algo que está acima de nós tornar o ambiente da premiação um local de oportunidades para todas as pessoas que querem ser criativas o suficiente e andando como carro-chefes para a próxima geração de artistas.” – Fica difícil te defender assim, Ehrlich. 

Kesha voltou com tudo e fez uma performance tocante de "Praying", ao lado de Cyndi Lauper, Bebe Rexha, Andra Day, Julia Michaels e Camilla Cabello. 

Para quem não sabe, a cantora foi abusada por um dos seus antigos produtores, o famoso Dr Luke. Ele nunca sofreu consequências pelas suas atitudes. Já Kesha foi proibida de utilizar o seu nome e de cantar as suas antigas canções. Ainda bem que muita parte disso já foi resolvida.

Também tivemos Sam Smith com o seu novo single, "Pray":

Lady Gaga fez um medley lindo de "Joanne" e "Million Reasons":

Elton John fez um dueto com Miley Cyrus de um de seus maiores sucessos, "Tiny Dancer":

Logic, Alessia Cara e Khalid performaram "1-800-273-8255". O nome da canção é o número de prevenção ao suicídio lá nos EUA. A apresentação foi uma dura crítica à falta de humanidade do presidente Trump e a forma absurda que se refere aos países menos desenvolvidos.

Os britânicos do U2 fizeram uma apresentação incrível, com direito a vista da Estátua da Liberdade:

Essas foram só algumas das performances da noite.

O grande vencedor do Grammy 2018 foi Bruno Mars, que conquistou seis gramofones. 

Veja a lista dos ganhadores nas principais categorias:

Gravação do Ano

Redbone- Childish Gambino
Despacito- Luis Fonsi & Daddy Yankee feat. Justin Bieber
The Story of O.J.- Jay-Z
HUMBLE.- Kendrick Lamar
24k Magic- Bruno Mars

Álbum do ano

Awaken, my love!- Childish Gambino
4:44- Jay-Z
DAMN.- Kendrick Lamar
Melodrama- Lorde
24K Magic- Bruno Mars

Música do ano

Despacito
4:44
Issues
1-800-273-8255
That’s What I Like- Bruno Mars

Melhor clipe

Up All Night – Beck
Makeba
The Story of O.J. – Jay-Z
HUMBLE. – Kendrick Lamar
1-800-273-8255 – Logic feat. Alessia Cara & Khalid

Melhor artista revelação

Alessia Cara
Khalid
Lol Uzi Vert
Julia Michaels
SZA

Melhor performance solo pop

Love So Soft- Kelly Clarkson
Praying- Kesha
Lady Gaga- Million Reasons
Pink- What About Us
Ed Sheeran- Shape Of You

Melhor performance dupla/grupo pop

Something Just Like This- The Chainsmokers & Coldplay
Despacito- Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber
Thunder- Imagine Dragons
Feel It Still- Portugal. The Man
Stay- Zedd & Alessia Cara

Melhor álbum vocal tradicional pop

Nobody But Me (Deluxe Version)- Michael Bublé
Triplicate- Bob Dylan
In Full Swing- Seth MacFarlane
Wonderland- Sarah McLachlan
Tony Bennett Celebrates 90- (Various Artists)

Melhor álbum vocal pop

Kaleidoscope EP- Coldplay
Lust For Life- Lana Del Rey
Evolve- Imagine Dragons
Rainbow- Kesha
Joanne- Lady Gaga
Divide- Ed Sheeran

Melhor gravação dance

Bambro Koyo Ganda
Cola
Andromeda
Tonite
Line Of Sight

Melhor álbum dance/eletrônico

Migration
3-D The Catalogue
Mura Masa
A Moment Apart
What Now

Melhor performance de rock

You Want It Darker- Leonard Cohen
The Promise- Chris Cornell
Run- Foo Fighters
No Good- Kaleo
Go To War- Nothing More

Melhor música rock

Atlas, Rise!
Blood In The Cut
Go To War
Run
The Stage

Melhor álbum de rock

Emperor of Sand,- Mastodon
Hardwired … to Self-Destruct- Metallica
The Stories We Tell Ourselves- Nothing More
Villains- Queens of the Stone Age
A Deeper Understanding – The War on Drugs

Melhor performance R&B

Get You
Distraction – Kehlani
High- Ledisi
That’s What I Like- Bruno Mars
The Weekend

Melhor música R&B

First Began – PJ Morton
Location – Khalid
Redbone – Childish Gambino
Supermodel – SZA
That’s What I Like- Bruno Mars

Melhor álbum R&B

Freudian- Daniel Caeser
Let Love Rule- Ledisi
24K Magic- Bruno Mars
Gumbo- PJ Morton
Feel The Real- Musiq Soulchild

Performance tradicional de R&B

Redbone – Childish Gambino
Laugh and Move On – The Baylor Project
What I’m Feelin’ – Anthony Hamilton featuring The Hamiltones
All the Way – Ledisi
Still – Mali Music

Melhor performance rap

Bounce Back, Big Sean
Bodak Yellow, Cardi B
4:44, Jay-Z
HUMBLE., Kendrick Lamar
Bad and Boujee,

Melhor performance rap e cantada

PRBLMS
Crew
Family Feud, JAY-Z Featuring Beyoncé
LOYALTY.- Kendrick Lamar Featuring Rihanna
Love Galore- Featuring Travis Scott

Melhor música rap

Bodak Yellow
Chase Me
HUMBLE.- Kendrick Lamar
Sassy
The Story of O.OJ.

Melhor álbum rap

4:44- Jay-Z
DAMN.- Kendrick Lamar
Cultura- Migos
Laila’s Wisdom- Rapsody
Flower Boy – Tyler, The Creator

Melhor performance solo country

Body Like A Back Road- Sam Hunt
Losing You- Alison Krauss
Tin Man- Miranda Lambert
I Could Use A Love Song- Maren Morris
Either Way- Chris Stapleton

Melhor performance country de dupla/grupo

It Ain’t My Fault- Brothers Osborne
My Old Man- Zac Brown Band
You Look Good- Lady Antebellum
Better Man- Little Big Town
Drinkin’ Problem- Midland

Melhor Música Country

Better Man- Taylor Swift
Body Like A Back Road- Zach Crowell, Sam Hunt, Shane McAnally & Josh Osborne, songwriters (Sam Hunt)
Broken Halos- Mike Henderson & Chris Stapleton, songwriters (Chris Stapleton)
Drinkin’ Problem- Jess Carson, Cameron Duddy, Shane McAnally, Josh Osborne & Mark Wystrach, songwriters (Midland)
Tin Man- Jack Ingram, Miranda Lambert & Jon Randall, songwriters (Miranda Lambert)

Melhor álbum urbano contemporâneo

Free 6LACK – 6LACK
“Awaken, My Love!”- Childish Gambino
American Teen- Khalid
Ctrl – SZA
Starboy, The Weeknd

Melhor álbum de música alternativa

Everything Now- Arcade Fire
Humanz- Gorillaz
American Dream- LCD Soundsystem
Pure Comedy- Father John Misty
Sleep Well Beast- The National

Melhor álbum pop latino

Lo Único Constante- Alex Cuba
Mis Planes Son Amarte- Juanes
Amar Y Vivir En Vivo Desde La Ciudad De México- 2017- La Santa Cecilia
Musas (Un Homenaje Al Folclore Latinoamericano En Manos De Los Macorinos)- Natalia Lafourcade
El Dorado- Shakira

Siga o Stereo Pop nas redes sociais: Facebook, Instagram (@blogstereopop) e Twitter (@blogstereopop).

Comments

comments