Duas empresas do sistema de transporte coletivo da Região Metropolitana de Curitiba aprovaram o indicativo de greve, após não receberem o pagamento integral dos salários.

Os funcionais marcaram a greve para dia 20 de maio.

São 1200 trabalhadores no transporte coletivo da capital, a paralisação deve afetar 80 linhas que atendem Araucária, Campo Largo, Contenda, Curitiba e São José dos Pinhais

 

A assessoria de imprensa da empresa Araucária informou que realizou o pagamento da folha na segunda-feira (7), porém, devido a um erro de processamento da agência de Araucária da Caixa Econômica, os valores não foram depositados para os funcionários. Na manhã desta terça-feira (8), a empresa confirmou com o banco que a situação já foi regularizada.

Já a assessoria de imprensa da São José informou que a operação urbana de São José dos Pinhais ainda não teve reajuste da tarifa técnica, que deveria ter ocorrido em fevereiro, e por isso não contava com caixa para realizar integralmente o pagamento dos salários. A empresa disse que a situação deve ser normalizada nos próximos dias e aguarda que a prefeitura de São José faça o reajuste da tarifa técnica.

Comments

comments