Moda, liberdade e resistência

Evento gratuito em Curitiba vai tratar da moda afro-brasileira como instrumento contra o machismo e o preconceito

Mais do que estilos e tendências, a moda é uma forma não verbalizada de comunicação e expressão, e nos últimos tempos tem apresentado novas possibilidades, funcionando também como uma ferramenta de representação de ideologias.  Pensando nisso, os alunos e professores do curso de Design de Moda do Centro Europeu, uma das maiores escolas de profissões da América Latina, vão promover o evento "Moda, liberdade e resistência – O empoderamento por meio da roupa".

A atividade será realizada na próxima sexta-feira, dia 06 de outubro, na sede do Centro Europeu no bairro Batel. No formato de bate-papo, o evento será liderado pela publicitária Manita Menezes e pela figurinista Ana Paula Medeiros. As profissionais, especialistas em marketing, produção de moda, design e cultura, vão compartilhar um pouco de suas experiências abordando a crescente democratização do universo fashion e da moda como instrumento de ressignificação social. O foco do evento é tratar especificamente de movimentos nacionais e internacionais de que transformam estilos, roupas e acessórios como tranças e turbantes em verdadeiros ícones de resistência.                                                                                                                          

Voltado a profissionais da área, estudantes de moda e demais interessados no assunto, o objetivo do bate-papo é ressaltar e analisar um novo ângulo da moda, discutindo o empoderamento e desconstrução de estereótipos a partir da maneira com que o indivíduo se veste e se apresenta visualmente perante a sociedade.

O evento gratuito será realizado na sede do Centro Europeu no bairro Batel (Rua Benjamin Lins, 999), a partir das 19h15. Mais informações e inscrições no site www.centroeuropeu.com.br ou pelo telefone (41) 3233-6669.

Comments

comments

Deixe um comentário