O candidato a deputado estadual Marcello Richa ressaltou, nesta segunda-feira (17/9), que defenderá na Assembleia Legislativa o fortalecimento do trabalho em conjunto entre o poder público e o terceiro setor, especialmente na área da assistência social e esporte.

“Precisamos valorizar o trabalho das entidades e criar condições para que possam melhorar sua estrutura e capacidade de atendimento, o que irá resultar em novas oportunidades para o desenvolvimento pessoal, social e profissional da população”, afirmou Marcello Richa.

Entre as principais propostas que apresentou estão iniciativas como a isenção das taxas cartorárias para entidades sociais que estejam com sua documentação em dia; projetos de convivência com idosos institucionalizados; vinculação de 10% do Fundo Estadual de Combate à Pobreza para as políticas de assistência social e destinação de 1% do ICMS para o Fundo Estadual de Assistência Social, que permitirão novas opções de convênios e captação de recursos para entidades.

Também garantiu trabalhar pela manutenção de entidades de assistência social entre os beneficiados pelo programa Nota Paraná, uma vez que é um recurso importante para o desenvolvimento e promoção de melhorias estruturais para o atendimento nas comunidades.

Avanços

Marcello destacou que os bons números alcançados durante sua gestão na Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude de Curitiba (Smelj) em 2017 foram resultados direto de parcerias e convênios com entidades esportivas e sociais. Em apenas um ano foram criadas mais de 1.200 novas vagas para atividades físicas para idosos; mais de 3.100 vagas para crianças e adolescentes para atividades esportivas em período de contraturno escolar, um crescimento de 62% em relação ao ano anterior, e 1.300 vagas em atividades promovidas em espaços alternativos.

"As parcerias e convênios na Smelj permitiram descentralizar o atendimento e ampliar o alcance das atividades para diferentes públicos. Assim como realizamos em Curitiba, quero trabalhar na Assembleia com projetos e propostas que atendam as demandas e potencializem o grande trabalho que as entidades já realizam nos municípios", disse Marcello.

Comments

comments