Gleisi estoura o caixa e gasta R$ 3,6 milhões em 2016

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) estourou o caixa e gastou mais R$ 3,6 milhões em 2016 na sua atividade parlamentar. Os valores incluem o dinheiro da cota parlamentar, despesas extras, salários de 35 assessores comissionados e próprio vencimento da petista. A maior parte das despesas de Gleisi estão disposta na prestação de contas publicadas pelo Senado na internet.
 
Pela cota, Gleisi gastou R$ 335,8 mil em aluguel de escritório político (R$ 67,9 mil), material de consumo (R$ 25,3 mil), hospedagem, alimentação e combustível (R$ 33 mil), serviços de apoio parlamentar (R$ 120,3 mil) e passagens (R$ 89,2 mil). 
 
Com outras despesas, foram mais R$ 70,1 mil. Nesse montante, inclui R$ 38,4 mil com viagens oficiais (de diárias foram R$ 33,3 mil e passagens R$ 5 mil), consumo de material foram R$ 11,5 mil (R$ 7,3 mil de combustível e R$ 4,2 mil) e com correios mais R$ 20,1 mil. Entre cota e despesas extras, foram R$ 406 mil.
 
Gleisi tem 35 assessores comissionados: 11 deles ficam no gabinete em Brasília e outros 24 assessores estão lotados nos escritórios políticos da petista no Paraná. Os 35 assessores da senadora demanda salários de R$ 2,5 milhões por ano. Já o vencimento da petista é de R$ 3,7 mil mensais – R$ 438,9 mil no ano.
 
link das despesas de Gleisi
 
(foto: Agência Senado)

Comments

comments