Na tarde desta quinta-feira (14/6), cerca de 240 veículos que passaram pela Avenida Victor Ferreira do Amaral foram abordados pela blitz promovida pelo Comitê de Fiscalização do Projeto Vida no Trânsito. O objetivo foi inspecionar as condições de carros e motos e, com isso, colaborar para a segurança de motoristas e pedestres que trafegam pelas ruas da cidade.

Dos 240 veículos abordados, 87 foram autuados. Além disso, 14 carros e 12 motos estavam com a documentação irregular e precisaram ser removidos, com o apoio do serviço de guincho da Prefeitura. Outros sete veículos tiveram os certificados de registro apreendidos até que os proprietários regularizem as adequações necessárias.

A blitz começou às 14h, na altura do Colégio Militar, e durou duas horas. Ela envolveu as duas pistas da avenida, que liga Curitiba e Pinhais, na Região Metropolitana, e chega a registrar a passagem de aproximadamente 2,8 mil veículos por hora nos dois sentidos nos períodos de pico.

Participaram da ação 28 integrantes e 22 veículos da Guarda Municipal e da Superintendência de Trânsito (Setran) da Secretaria Municipal da Defesa Social, além de policiais e viaturas do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

Na última semana, outra fiscalização conjunta foi promovida entre os órgãos, no Hauer, com foco em motofretistas e motociclistas. Na ocasião, em pouco mais de duas horas de operação, 100 condutores foram autuados por infrações como não apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) necessária para dirigir moto e por estar sem o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) em dia. Foi feita a remoção de 28 motocicletas e dois automóveis com o auxílio do serviço de guincho. 

Coordenado pelo Ministério da Saúde, o Vida no Trânsito integra um movimento internacional de redução de lesões e mortes por acidentes de trânsito.

Comments

comments